Relatório da ANM indica que Vale ocultou informações sobre Brumadinho, diz Kajuru — Senado Notícias

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) apresentou nesta quarta-feira (6) em Plenário um relatório da Agência Nacional de Mineração (ANM) segundo o qual a mineradora Vale ocultou informações sobre a barragem que rompeu em Brumadinho (MG), em janeiro deste ano. Segundo o senador, a companhia, além de conhecer os problemas na barragem, forneceu à ANM informações diferentes das que constam do sistema interno da empresa.

Kajuru informou ainda que a Vale realizou vistoria na barragem três dias antes da tragédia e se omitiu ao não repassar os problemas identificados à ANM. Todos dos dados omitidos, avalia ele, poderiam ter ajudado a reduzir os danos que a tragédia provocou. A tragédia de Brumadinho causou a morte de 252 pessoas e deixou 18 desaparecidos.

— Todas as informações omitidas poderiam ter ajudado a reduzir os danos, graças ao acionamento do plano de segurança de barragem, inclusive com a interdição do refeitório, que estava no caminho dos rejeitos que o soterraram depois do rompimento. O relatório da Agência Nacional de Mineração não aponta culpa, mas serve de material para investigações criminais que já estão em andamento. O documento foi encaminhado à Polícia Federal, ao Tribunal de Contas da União, à Polícia Civil de Minas Gerais, ao Ministério Público e à Controladoria-Geral da União — disse.

Kajuru participou da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho, do Senado. Após três meses de investigações, a CPI pediu o indiciamento de 14 pessoas, entre representantes da Vale e da empresa de auditoria TÜV SÜD pelo crime de omissão.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/11/06/relatorio-da-anm-indica-que-vale-ocultou-informacoes-sobre-brumadinho-diz-kajuru.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CAE aprova mandatos fixos para diretores do Banco Central — Senado Notícias

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou mandatos fixos para a diretoria do …