Justiça Eleitoral promoverá Semana do Jovem Eleitor em todo o país — Tribunal Superior Eleitoral

Durante a última semana de novembro, de 25 a 29, a Justiça Eleitoral em todo o país promoverá ações voltadas para os jovens que deverão votar pela primeira vez nas Eleições 2020.

Trata-se da Semana do Jovem Eleitor, que busca conscientizar os cidadãos de 16 e 17 anos sobre a importância de sua participação na escolha de seus representantes políticos.

O voto dessa faixa etária é facultativo, conforme prevê o artigo 14 da Constituição Federal. Ou seja, ainda que tenham o título de eleitor, não são obrigados a votar nem sofrerão nenhuma sanção caso faltem no dia da votação.

No entanto, o objetivo é exatamente conscientizar esses futuros eleitores sobre a importância do voto. Para tanto, os cartórios eleitorais de todo o país estarão abertos de 25 a 29 de novembro para receber, sem necessidade de agendamento, os jovens que pretendem tirar o título de eleitor.

Cada Tribunal Regional Eleitoral (TRE) será responsável por ações independentes em seus respectivos estados. Em alguns locais, há a previsão de ônibus itinerantes em escolas de ensino médio para fazer o alistamento eleitoral dos alunos, além de palestras sobre o tema.

Campanha

A fim de contribuir para a mobilização, também serão veiculadas no rádio, na televisão e nas redes sociais campanhas de conscientização, produzidas pelo Tribunal Superior Eleitoral, voltadas aos jovens, com o conceito “Seu voto tem superpoderes”.

O conceito está relacionado ao mote da logomarca das Eleições Municipais de 2020 #SeuVotoTemPoder.

A ideia é envolver os jovens no assunto e fortalecer o interesse dessa faixa etária em participar da vida política, contribuindo, assim, para o destino do país.

Estatísticas

Nas últimas eleições, realizadas em outubro de 2018, o número de eleitores jovens com voto facultativo representavam 0,95% do eleitorado: um total de 1.400.617 pessoas.
Atualmente, o Cadastro Eleitoral identifica 1.400.236 eleitores registrados com 16 e 17 anos. O número é menor do que o verificado naquela ocasião porque boa parte desses eleitores já atingiu a maioridade.

Cadastro Eleitoral

Com a Semana do Jovem Eleitor, a Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral espera diminuir o fluxo de atendimento na última semana antes do fechamento do Cadastro Eleitoral, legalmente previsto para o dia 6 de maio.

Sendo assim, todos os eleitores que ainda não têm título de eleitor e também aqueles que precisam regularizar a situação precisam comparecer aos cartórios até o dia 6 de maio de 2020. A medida é necessária para que os cidadãos possam votar normalmente nas próximas eleições municipais, marcadas para o dia 4 de outubro de 2020.

CM/JB, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Novembro/justica-eleitoral-promove-semana-do-jovem-eleitor-em-todo-o-pais.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Filho de desembargador de TJ não pode ser indicado a vaga de jurista titular de Corte Eleitoral, reafirma TSE — Tribunal Superior Eleitoral

Nesta terça-feira (18), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o entendimento de que é vedada …