Privatização da Eletrobras é venda do curso de água dos rios, diz Zenaide Maia — Senado Notícias

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) se posicionou nesta quinta-feira (7), em Plenário, contra a privatização da Eletrobras — estatal que, junto com suas subsidiárias, é responsável pela maior parte da geração e transmissão de energia elétrica no Brasil. Para a parlamentar, muito mais do que vender a infraestrutura, o governo estará vendendo os cursos de água dos rios (já que a maior parte da eletricidade do país é gerada em hidrelétricas), que deve ser de propriedade do Estado.

A parlamentar questionou ainda o valor da transação, que para ela é considerado “preço de banana em final de feira”. Segundo Zenaide, especula-se que a privatização da Eletrobras arrecadará R$ 16,2 bilhões, valor muito aquém do que a empresa valeria, uma vez que no último trimestre deste ano, o lucro da estatal foi de R$ 5,5 bilhões, informou a senadora.

— Aí eu pergunto, por que o governo resolve dar o direito a outro país de acender e apagar a luz do seu povo? […] Eletrobras representa soberania e autonomia sobre nossa energia e sobre o domínio do curso das águas, que segundo a Constituição devem ser do poder público, variando entre a União e os estados — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/11/07/privatizacao-da-eletrobras-e-venda-do-curso-de-agua-dos-rios-diz-zenaide-maia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CAE aprova mandatos fixos para diretores do Banco Central — Senado Notícias

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou mandatos fixos para a diretoria do …