Rose de Freitas defende incluir a prevenção à violência contra a mulher no currículo escolar — Senado Notícias

A senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) defendeu em Plenário nesta quinta-feira (7) aprovação do Projeto de Lei (PL) 1.909/2019, de sua autoria, que inclui a prevenção à violência contra a mulher no currículo escolar. Ela ainda sugeriu, no âmbito da proposta, transformar a temática dos direitos humanos e cidadania em disciplina obrigatória.

Para Rose de Freitas, o combate à violência contra a mulher pode avançar por meio de discussões dentro das escolas, permitindo que o aluno conheça ainda mais sobre os valores ligados ao respeito às mulheres e a igualde entre os gêneros.

— Se nós não tivermos capacidade de discutir dentro das escolas esses valores da cidadania e dos direitos humanos, consequentemente aquela mente infantil vai absorver que é comum um homem bater em uma mulher, maltratar um idoso, maltratar uma criança. Esse, sim, é um parâmetro educacional que nós queríamos que fosse tratado como matéria curricular — avaliou.

A senadora também comemorou a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 75/2019, também de sua autoria, que torna o crime de feminicídio e o estupro imprescritíveis. A matéria seguiu para votação na Câmara dos Deputados.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/11/07/rose-de-freitas-defende-incluir-a-prevencao-a-violencia-contra-a-mulher-no-curriculo-escolar.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CAE aprova mandatos fixos para diretores do Banco Central — Senado Notícias

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou mandatos fixos para a diretoria do …