Esquerda global trocou Obama por Lula, diz Bannon à BBC – Congresso em Foco

O principal articulador da nova direita no mundial, Steve Bannon, classificou Lula como “o maior ídolo da esquerda globalista no mundo”. Para ele a saída do ex-presidente da prisão trará “enorme perturbação política ao Brasil”. Steve também declarou que com a saída de Barack Obama, o petista passou a ser o maior ídolo da esquerda em todo o planeta. As declarações foram dadas ao jornalista Ricardo Senra, da BBC News Brasil.

> Lula diz que é preciso imitar o Chile: “atacar e não apenas se defender”

Bannon, que foi um dos principais responsáveis pela eleição de Donald Trump, diz que Lula irá atrair a esquerda mundial para se “intrometer na política brasileira”. Se por um lado, o articulador relembra os escândalos de corrupção envolvendo Lula, por outro diz que as investigações contra o clã Bolsonaro são uma tentativa de boicotar o governo.

“Ele [Lula] é o ‘poster boy da esquerda globalista’. Entre todos no mundo, ele é o maior ídolo, agora que Obama está fora da política. E até Obama se referiu a ele”, diz Bannon.

Segundo Steve, a soltura de Lula irá “causar uma perturbação enorme no Brasil”. “Lula é o esquerdista o mais celebrado da história do mundo. O que eu chamo reino do terror financeiro e da corrupção… Foi Lula que fez essa roda girar em conchavo com um bando de políticos corruptos brasileiros”, diz Bannon.

Para o articulador de extrema-direita, o ex-presidente fez muita coisa boa, mas “é alguém que foi corrompido por dinheiro e poder”.

Um dos principais braços de Donald Trump no mundo afirma que a soltura de Lula faz renascer no Brasil um líder ativo da oposição. “Isso vai levar o Brasil a uma crise constitucional, porque agora há um líder ativo da oposição, que deveria estar preso, agora solto e pronto para dar fôlego a seu grupo e tentar impedir tudo o que Bolsonaro está tentando fazer”, afirmou.

> Lula convoca Haddad, Freixo e aliados a lutarem todos os dias

[Assista abaixo o segundo discurso de Lula após deixar a prisão]

Quem é Bannon

Steve Bannon é o principal articulador da nova direita internacional. Foi CEO da campanha de Donald Trump nos EUA. Foi estrategista-chefe da Casa Branca e atualmente está trabalhando para evitar o impeachment do presidente norte americano.

Bannon, que já atuou como banqueiro, está à frente de um grande site de extrema-direita, o Breitbart News. Steve criou um movimento para unificar candidaturas de extrema direita pela Europa. Em 2018 chegou a se reunir com Eduardo Bolsonaro, a quem diz “conhecer muito bem”.

> Manifestações contra o STF: Paulista lotada e 80 pessoas em Salvador

Campanha do Congresso em Foco no Catarse

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Lula vai avaliar candidatura do PT em SP somente após Congresso do partido – Congresso em Foco

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) só vai se debruçar sobre a intenção …