Nota de apoio do Colégio de Presidentes das Comissões Estaduais da Mulher Advogada – OAB

O Colégio de Presidentes das Comissões Estaduais da Mulher Advogada, das vinte e sete seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, está irmanado com a advogada Daniela Lima de Andrade Borges, que ontem proferiu precisa sustentação oral junto ao Supremo Tribunal Federal, representando o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil- OAB. No feito, a entidade atua como amicus curiae no julgamento da Repercussão Geral – Tema 72, onde se discute a inconstitucionalidade da cobrança de contribuição previdenciária sobre o salário maternidade.

A advogada por sua postura ética e profissional ao proferir sustentação oral zelou pelo caráter de essencialidade e indispensabilidade da advocacia, não se deixando intimidar pela intervenção abrupta, deselegante e imprópria de um Ministro do Supremo Tribunal Federal. Como bem apontou a Nota da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia do Conselho Federal, o anseio da Advocacia é “por um  Brasil verdadeiramente republicano, um país onde só pode haver uma excelência: o povo.”

A Constituição Federal de 1988, nossa Constituição Cidadã, prevê em seu artigo 5º que todos são iguais perante a lei. Esse importante princípio encontra-se refletido no art. 6º da Lei Federal 8.906/94, ao dispor que não há hierarquia nem subordinação entre advocacia, magistratura e Ministério Público, justamente para permitir atuação independente e livre da advocacia, sendo as advogadas e advogados, porta-vozes da cidadania e indispensáveis à administração da Justiça.   

A atuação da advogada também se destaca pelo tema defendido – flagrante inconstitucionalidade da cobrança de contribuição previdenciária sobre o salário maternidade e que na afirmação de Daniela Borges tem servido como ferramenta e como “forma de onerar demasiadamente a contratação de mulheres.”  

Daniela Borges, naquele momento, representava o universo da advocacia nacional, integrado por quinhentas mil advogadas e quinhentos mil advogados.

Assim, o Colégio de Presidentes das Comissões Estaduais da Mulher Advogada, congregando as vinte e sete seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, vem manifestar seu apoio ao trabalho e à representação que exerce Daniela Lima de Andrade Borges na advocacia brasileira. 

Isnailda de Souza da Silva Gondim 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/AC

Monique Tenório

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/AL

Nilzelene de Sá Galeno

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/AP

Maria Gláucia Barbosa Soares

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/AM

Daniela Portugal

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/BA

Christiane Leitão 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/CE

 

Nildete Santana de Oliveira 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/DF 

Flávia Brandão Maia Perez

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/ES 

Ariana Garcia do Nascimento Teles

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/GO

Vivian Bauer 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/MA

 

Clarissa Lopes Dias Maluf Pereira

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/MT

Cláudia Cafure Alves Corrêa 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/MS 

Valquíria Valadão

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/MG

 Natasha de Vasconcelos Soares

 Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/PA

Mônica Lemos 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/PB

 

Mariana Lopes da Silva Bonfim 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/PR 

Fabiana Leite

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/PE

 

Dalva Fernandes

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/PI

Marisa Gaudio

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/RJ 

Marcela Vasconcelos

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/RN

Claudia Sobreiro de Oliveira

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/RS

 

Karoline C. Monteiro Akl 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/RO 

Francene D’Aguiar

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/RR 

Rejane Silva Sanchez

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/SC 

Cláudia Patrícia de Luna 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/SP 

Adélia Moreira Pessoa 

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/SE 

Jandra P. de Paula

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/TO

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/57736/nota-de-apoio-do-colegio-de-presidentes-das-comissoes-estaduais-da-mulher-advogada.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

OAB recebe representantes da AGU, Caixa e Banco Central para discutir acordo dos planos econômicos – OAB

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, se reuniu, nesta quarta-feira (5), com representantes …