Tribunal sedia evento sobre rastreamento de ativos no exterior – STJ

​O Instituto Brasileiro de Rastreamento de Ativos (Ibra) promove na próxima segunda-feira (18), a partir das 8h30, no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o II Seminário Internacional sobre Rastreamento de Ativos. Esta edição do evento tem o tema "Enforcement – Cumprindo decisões judiciais brasileiras no exterior".

As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui.

Entre outras questões, o seminário vai debater os caminhos para executar decisões judiciais brasileiras de repatriação de ativos no exterior e para rastrear dinheiro depositado ilegalmente por brasileiros em diferentes paraísos fiscais, e, ainda, as leis que devem ser invocadas em um processo transnacional de rastreamento.

Durante o evento, estarão reunidas as principais referências da atualidade em processos de fraudes internacionais e intervenções transfronteiriças, apresentando casos de sucesso de recuperação de ativos.

A mesa de abertura terá a presença do presidente do STJ, ministro João Otávio Noronha; do ministro Moura Ribeiro; do advogado-geral da União, André Luiz de Almeida Mendonça; do presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Paulo Henrique dos Santos Lucon; do conselheiro do Conselho Nacional de Justiça Marcos Vinícius Jardim Rodrigues; do presidente do Ibra, Krikor Kaysserlian, e do desembargador federal aposentado Carlos Fernando Mathias de Souza (que atuou no STJ como convocado).

O evento será dividido em cinco painéis, que abordarão as particularidades dos destinos preferidos dos investidores brasileiros fora do país. Os ministros Raul Araújo, Paulo de Tarso Sanseverino e Marco Buzzi presidirão alguns desses painéis.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/ohrqzQ6LFa8/Tribunal-sedia-evento-sobre-rastreamento-de-ativos-no-exterior.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

A sessão do júri: momento de concretizar a justiça – STJ

​​​​​​A Constituição Federal consagra a soberania dos vereditos do tribunal do júri, mas o Superior …