Ministro da Educação sobre feriado da República: “infâmia contra Pedro II” – Congresso em Foco

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticou por meio de seu perfil no Twitter as comemorações nesta sexta-feira (15) em alusão à proclamação da República.

>Weintraub ironiza Anitta e o funk: “pode até matar”

“Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História (Não estou restringindo a afirmação ao Brasil)”, disse sobre o imperador Dom Pedro II, que cedeu o comando do país em 15 de novembro de 1889 ao Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente do regime republicano.

O chefe da pasta de Educação do governo de Jair Bolsonaro também criticou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e fez elogios à princesa Isabel, filha de Dom Pedro II ,e  à dona Leopoldina, mulher de Dom Pedro I.

Abraham Weintraub e seu irmão, o assessor especial da presidência da República Arthur Weintraub são, dentro do governo, os responsáveis pelos discursos mais inflamados contra políticos de esquerda que fazem oposição a Bolsonaro.

>PSDB diz que Weintraub é a “doença terminal da Educação no Brasil”

> Assessor de Bolsonaro insinua “culpa socialista” em óleo nas praias do NE

Catarse

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Lula diz que pacote anticrime de Moro tinha “apetite miliciano” – Congresso em Foco

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o pacote anticrime do ministro Sergio …