Desgaste de Alcolumbre atrapalha planos de Maia – Congresso em Foco

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, aposta que pode ser o grande líder de Centro. Criou uma forte agenda social aliado à deputada Tábata Amaral (PDT-SP) (jovem fenômeno eleitoral) para alargar espaços políticos. Mas o plano de expansão de poder passa ainda por aprovar emenda que permite a sua reeleição como presidente da Câmara.

> Maia e Tabata apresentam pacote de combate à pobreza na Câmara

No entanto, seria necessário que o Senado também concordasse com a proposta, fazendo o mesmo movimento na Casa, para que seja uma decisão conjunta e não apenas de Maia. O obstáculo agora está na impopularidade do colega do DEM, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.


Enquanto Maia tem força e popularidade na Câmara para fazer passar o Projeto de Emenda, Alcolumbre no Senado está desgastado. O senador não tem a simpatia dos pares mais jovens – um dos motivos é o engavetamento da CPI da Lava Toga – e também não é respeitado pelos senadores mais velhos. Vários já querem seu lugar daqui a um ano.

Se o cenário no Senado continuar assim, Maia já teria avaliado que não seria estratégico insistir com a emenda da reeleição só na Câmara, o que lhe causaria desgaste. Maia na prática quer dividir essa conta com Alcolumbre e tem esperanças que o colega de partido consigo reverter isso nos próximos meses, em tempo de aprovar a emenda e os dois concorrem à reeleição.

> “Faca no pescoço”, Senado reage a taxa de Trump sobre aço brasileiro

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!









Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Câmara aprova Coaf no Banco Central e mantém o nome do órgão – Congresso em Foco

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (11) a medida provisória (MP) 893/2019, que altera …