Ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes recebem prêmio de Direitos Humanos – STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, e o ministro Gilmar Mendes foram agraciados com o I Prêmio Direitos Humanos do Distrito Federal, nesta quarta-feira (4). A premiação tem por objetivo incentivar, promover e colaborar para o fortalecimento das ações de Direitos Humanos em âmbito distrital.

Ao entregar a placa de premiação e o troféu, o governador do Distrito Federal (GDF), Ibaneis Rocha, ao lado do secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha, lembrou os importantes programas incentivados pela Suprema Corte e as parcerias com o GDF. “O nosso presidente do Supremo, Dias Toffoli, faz um belíssimo trabalho, este que dignifica todo o Poder Judiciário. Não só à frente do STF, mas também à frente do CNJ, que traz programas inovadores que incentivam outros programas, como o da ressocialização, que foi criado lá atrás pelo ministro Gilmar Mendes”, afirmou.

Com o objetivo de sensibilizar a população para a necessidade de reinserir, no mercado de trabalho e na sociedade, presos que já cumpriram suas penas, o CNJ e o Supremo lançaram em 2008 o Programa "Começar de Novo". Outro acordo, firmado recentemente, foi o de cooperação técnica para promover ações voltadas ao desenvolvimento socioemocional e à geração de oportunidades a egressos do sistema penitenciário do Distrito Federal e seus familiares.

Assessoria de Comunicação da Presidência

Foto: Paulo Carvalho / Agência Brasília

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=431696.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Governador de Mato Grosso questiona percentual mínimo de destinação de recursos à educação – STF

O governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, ajuizou a Ação Direta de Inconstitucionalidade …