Ministro Edson Fachin representará TSE em missão de observação das eleições peruanas em janeiro — Tribunal Superior Eleitoral

O ministro Edson Fachin representará o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na delegação de observadores internacionais que acompanhará as Eleições Parlamentares Extraordinárias do Peru, que ocorrerão no dia 26 de janeiro de 2020. A presidente do TSE, ministra Rosa Weber, designou o magistrado para a missão por meio da Portaria TSE nº 898/2019, publicada no dia 22 de novembro.

O convite para que um membro do TSE compusesse a delegação de observadores internacionais partiu do Jurado Nacional de Elecciones da República do Peru, órgão eleitoral do país vizinho, por meio de um ofício encaminhado à Corte Eleitoral brasileira em outubro.

No documento, o presidente do Jurado Nacional de Elecciones, Victor Ticona Postigo, afirma que a presença de um representante do TSE será importante para conferir maior garantia ao referido processo eleitoral, além de ser uma oportunidade para corroborar a transparência, a honestidade e a eficiência do trabalho da instituição peruana.

RG/JB, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Dezembro/ministro-edson-fachin-representara-tse-em-missao-de-observacao-das-eleicoes-peruanas-em-janeiro.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Você sabe o que é sistema eleitoral? Tire suas dúvidas no Glossário Eleitoral — Tribunal Superior Eleitoral

A expressão “sistema eleitoral” designa o modo, os instrumentos e os mecanismos empregados nos países …