Ministro Edson Fachin representará TSE em missão de observação das eleições peruanas em janeiro — Tribunal Superior Eleitoral

O ministro Edson Fachin representará o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na delegação de observadores internacionais que acompanhará as Eleições Parlamentares Extraordinárias do Peru, que ocorrerão no dia 26 de janeiro de 2020. A presidente do TSE, ministra Rosa Weber, designou o magistrado para a missão por meio da Portaria TSE nº 898/2019, publicada no dia 22 de novembro.

O convite para que um membro do TSE compusesse a delegação de observadores internacionais partiu do Jurado Nacional de Elecciones da República do Peru, órgão eleitoral do país vizinho, por meio de um ofício encaminhado à Corte Eleitoral brasileira em outubro.

No documento, o presidente do Jurado Nacional de Elecciones, Victor Ticona Postigo, afirma que a presença de um representante do TSE será importante para conferir maior garantia ao referido processo eleitoral, além de ser uma oportunidade para corroborar a transparência, a honestidade e a eficiência do trabalho da instituição peruana.

RG/JB, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Dezembro/ministro-edson-fachin-representara-tse-em-missao-de-observacao-das-eleicoes-peruanas-em-janeiro.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

pesquisas de opinião devem ser previamente registradas — Tribunal Superior Eleitoral

As pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2020 ou aos seus pretensos candidatos devem …