Plataforma Consumidor.gov está disponível na site do Poder Judiciário Tocantinense – AASP

Tendo em vista o aperfeiçoamento dos métodos adequados de solução de conflitos de consumo, os consumidores do Estado do Tocantins terão de agora em diante um canal alternativo para a solução desses conflitos por meio da plataforma consumidor.gov.br, disponibilizada no website do Poder Judiciário Tocantinense.

Ao buscar a redução e a prevenção dos conflitos judiciais envolvendo essas ações, por meio do acordo o TJTO e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) se comprometerão em produzir um intercâmbio de dados técnicos, assim como o apoio técnico e institucional, para tratar de modo seguro as informações sigilosas dos usuários, ou cuja divulgação possa causar algum dano.

O Judiciário tocantinense terá a responsabilidade de divulgar amplamente no estado a plataforma como esse canal alternativo de conflitos que tem relação direta com consumo; apoiar e contribuir coma Senacon nas ações voltadas ao incentivo da participação de novas empresas na plataforma, especialmente as grandes litigantes.

Para o coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Adequados de Solução de Conflitos, juiz Manuel de Faria Reis Neto, a assinatura do termo de acordo com a SENACOM e a disponibilização da plataforma no website do Poder Judiciário Tocantinense, é mais uma alternativa para disseminação e utilização dos métodos adequados de solução de conflitos, nomeadamente na área do consumidor, de forma célere e segura.

Consumidor.gov.br

O Consumidor.gov.br é um serviço público e gratuito que permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução alternativa de conflitos de consumo pela internet, no qual os consumidores poderão se comunicar diretamente com as empresas participantes, que se comprometem a receber, analisar e responder as reclamações de seus consumidores em até 10 dias.

Todas as informações sobre a plataforma e como utilizar esse serviço poderão ser acessadas por meio do link, disponibilizado no site.

Texto: Natália Rezende/ Foto: Divulgação.

Comunicação TJTO

Fonte: TJTO

Fonte Oficial: AASP.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Prorrogação do prazo de vigência do sistema escalonado e retorno ao trabalho presencial – AASP

Secretaria da Presidência Provimento nº 2.580/2020 O Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, …