Correição Geral de BH será inaugurada na próxima segunda – AASP

Objetivo é verificar a regularidade dos serviços judiciais e extrajudiciais da comarca

Será na próxima segunda-feira (3/2), às 10h, a audiência inaugural da correição ordinária geral da Comarca de Belo Horizonte, e os trabalhos devem durar até o último dia útil do mês de março.

A solenidade de abertura, presidida pelo corregedor-geral de justiça, desembargador José Geraldo Saldanha da Fonseca, será realizada no auditório do Juizado Especial Cível e da Fazenda Pública – Unidade Francisco Sales, localizado na Avenida Francisco Sales, 1.446, Santa Efigênia, Belo Horizonte/MG.

O objetivo da Corregedoria-Geral de Justiça é verificar a regularidade dos serviços do foro judicial, dos juizados especiais, dos serviços notariais e de registro, da justiça de paz, da polícia judiciária dos presídios, além de tomar ciência das denúncias, reclamações ou sugestões. A Portaria 6.320/CGJ/2020 regulamenta a correição geral deste ano.

Magistrados, promotores de justiça, advogados, oficiais de registro, tabeliães, servidores judiciais, outras autoridades e partes interessadas podem apresentar sugestões, reclamações e denúncias em relação aos serviços ligados à Justiça de Primeira Instância da capital.

A Corregedoria-Geral de Justiça recebe as manifestações e posteriormente apura a regularidade das atividades mencionadas, ouve os envolvidos e apresenta uma resposta ao final dos trabalhos.

Correições ordinárias

No período da correição, janeiro a março, juízes, escrivães e servidores responderão a formulários com dados sobre produtividade, movimentação processual, entre outros.

A correição ordinária geral é realizada pelos juízes diretores do foro em todas as comarcas do estado.

Em Belo Horizonte, os trabalhos são conduzidos pelo corregedor-geral de justiça, que é o diretor do foro da capital, ou pelo juiz auxiliar que exercer essa função no foro da capital, por designação do corregedor-geral de justiça, conforme estabelecido no artigo 32 do Regimento Interno do Tribunal de Justiça.

Em Belo Horizonte, neste ano, foi designado o juiz auxiliar da Corregedoria Christyano Lucas Generoso para conduzir os trabalhos de correição e inspeção das unidades judiciárias.

“A correição é o período no qual voltamos os olhos para o trabalho com o objetivo de aferir a regularidade dos serviços e sanar as inconsistências encontradas”, reflete o magistrado.

A audiência pública de instalação é convocada pelo diretor do foro de cada comarca. Os editais ficam afixados nos fóruns e também são divulgados no portal do Tribunal de Justiça.

Confira também o calendário de correição ordinária nas demais comarcas.

 

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom
TJMG – Unidade Fórum Lafayette

(31) 3330-2123
ascomfor@tjmg.jus.br
facebook.com/TJMGoficial/
twitter.com/tjmgoficial
flickr.com/tjmg_oficial

Fonte: TJMG

Fonte Oficial: AASP.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Senado aprova MP que prorroga prazo para assembleias de sócios – AASP

Em sessão remota nesta quinta-feira (2), o Plenário do Senado aprovou a medida provisória que …