Comissão analisa MP que altera regras de regularização fundiária de imóveis da União — Senado Notícias

A comissão mista da Medida Provisória 910/2019 apresenta nesta quarta-feira (5) o plano de trabalho da proposição, que estabelece novos critérios para a regularização fundiária de imóveis da União, incluindo assentamentos ocupados até maio de 2014 e com área de até 15 módulos fiscais. A reunião tem início às 14h30, na sala 19 da ala Alexandre Costa.

A MP regulariza ocupações mais recentes e médias propriedades, independentemente da localização. Com a mudança, o governo espera beneficiar cerca de 300 mil famílias em todo o país. O módulo fiscal é uma unidade fixada para cada município do país pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e varia de cinco a 110 hectares.

A MP altera a Lei 11.952, de 2009, que limitava a regularização a imóveis de até quatro módulo fiscais ocupados até julho de 2008, e apenas na Amazônia Legal, que abrange a totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte dos estados do Maranhão e Mato Grosso, perfazendo uma superfície de aproximadamente 5.217.423 km², o que corresponde a cerca de 61% do território brasileiro.

O deputado Lúcio Mosquini (MDB-RO) é o presidente da comissão mista da MP 910/2019, a ser relatada pelo senador Irajá (PSD-TO).

Com informações da Agência Câmara Notícias.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/02/04/comissao-analisa-mp-que-altera-regras-de-regularizacao-fundiaria-de-imoveis-da-uniao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

senadores comentam liberação de cultos religiosos — Senado Notícias

O senador Humberto Costa (PT-PE) classifica de equivocado o decreto do presidente da República, Jair …