Reguffe defende projeto que corrige limites de isenção da tabela do IR — Senado Notícias

O senador Reguffe (Podemos-DF) defendeu nesta segunda-feira (11), em Plenário, projeto de sua autoria que corrige os limites de isenção da tabela do imposto de renda das pessoas físicas (PLS 355/2015).

Pela proposta de Reguffe, os limites de isenção seriam corrigidos pelo IPCA, mais 1%, com o objetivo de, ao longo do tempo, corrigir a defasagem acumulada entre 1996 e 2019, hoje em 103,87%, levando-se em consideração a inflação desse período, de acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil.

O senador lembrou que, ao não corrigir a tabela, o governo aumenta a carga tributária de forma disfarçada e indireta, porque exclui mais contribuintes da faixa de isenção.

—  A questão da reforma tributária não pode servir de desculpa para não se fazer a correção dos limites de isenção da tabela do Imposto de Renda. Essa correção deveria ser imediata. A população, no mês de janeiro, no mês de fevereiro, está pagando mais impostos do que deveria estar pagando. Hoje, é isento quem ganha até R$ 1.903. Se tivesse toda a tabela corrigida, de acordo com a inflação, não pagaria imposto de renda quem ganha até R$ 3.881 — argumentou.

O senador aproveitou para cobrar do governo Bolsonaro o cumprimento de promessa de campanha de isentar do pagamento do Imposto de Renda as pessoas que ganham mensalmente até cinco salários-mínimos.

Reguffe também pediu que a presidência do Senado analise os pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e crie da CPI dos Tribunais Superiores, para apurar eventuais irregularidades no Poder Judiciário.

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/02/10/reguffe-defende-projeto-que-corrige-limites-de-isencao-da-tabela-do-ir.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CPI das Fake News tem depoimentos na terça e na quarta — Senado Notícias

A CPI Mista das Fake News tem reunião na terça-feira (18), às 13h, para ouvir …