Novo prazo para propor artigos sobre o CNJ e o futuro do Judiciário

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) prorrogou o prazo para submissão de artigos para a próxima edição da Revista CNJ. O lançamento terá a temática “O Conselho Nacional de Justiça e o futuro do Judiciário”, publicação comemorativa dos 15 anos de instalação do CNJ.

Os interessados terão até o dia 22 de abril para enviar trabalhos. Para isso, basta acessar a página da Revista Eletrônica do CNJ, que apresenta informações sobre a revista e orientações para cadastramento. As diretrizes para elaboração de artigos estão no link Chamamento de Artigos.

Cada participante poderá inscrever apenas um artigo, assinado por até três autores, desde que, pelo menos, um deles possua mestrado, doutorado ou pós-doutorado. Os trabalhos devem ser inéditos e não podem estar pendentes de publicação em outros veículos.

Veiculada semestralmente, a Revista Eletrônica CNJ foi criada para disseminar trabalhos acadêmicos que tenham por objeto o Poder Judiciário ou a prestação dos serviços jurisdicionais no Brasil. Editada segundo requisitos exigidos pelo sistema Qualis-Periódicos – gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) – a revista também tem a missão de difundir alguns dos principais julgados do Plenário do CNJ.

O modelo de artigo, utilizado pela revista, pode ser acessado aqui. Dúvida ou dificuldade técnica podem ser informadas pelo e-mail revistacnj@cnj.jus.br.

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/novo-prazo-para-propor-artigos-sobre-o-cnj-e-o-futuro-do-judiciario/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=novo-prazo-para-propor-artigos-sobre-o-cnj-e-o-futuro-do-judiciario.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Quase 500 crianças e adolescentes foram adotados no ES nos últimos cinco anos

Em comemoração ao Dia Nacional da Adoção (25), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou …