Curso on-line sobre precedentes judiciais no STJ recebe inscrições a partir desta quinta-feira (16) – STJ

​Dando continuidade ao programa Conexão Cidadã, o Superior Tribunal de Justiça abre inscrições para mais um curso a distância: "A eficiência dos precedentes judiciais no STJ".

Os interessados poderão se inscrever aqui, das 13h desta quinta-feira (16) até as 19h de sexta (17).

O curso tem como objetivo tornar o participante apto a aplicar conhecimentos teóricos e práticos sobre o sistema de precedentes estabelecido pelo Código de Processo Civil de 2015, sob a perspectiva de atuação do STJ na formação e divulgação de precedentes qualificados.

Serão oferecidas 500 vagas. As inscrições obedecerão à ordem cronológica dos registros.

A ação educacional será autoinstrucional, porém tutores voluntários estarão à disposição para tirar dúvidas dos alunos e compartilhar materiais pertinentes ao tema.

As aulas estarão disponíveis no Portal da Escola Corporativa do STJ de 21 de abril a 22 de maio. Será aprovado o participante que alcançar, no mínimo, 70% do total dos pontos das atividades avaliativas.

Dúvidas sobre os cursos on-line do STJ podem ser esclarecidas na página de Perguntas Frequentes.

Orientações técn​​icas

Para acessar o curso é necessário que o navegador de internet seja Google Chrome ou Mozilla Firefox e tenha o plugin de execução de aplicativos Java (versão 8.0 ou superior). Recomenda-se, ainda, que o leitor de arquivos PDF seja o Acrobat Reader.

Também é preciso que o e-mail stj.ead@stj.jus.br esteja adicionado à lista de endereços confiáveis, caso se utilize algum tipo de anti-spam na caixa de correio.

Mais informações podem ser obtidas na Seção de Soluções em EaD e Desenho Instrucional, pelo e-mail stj.ead@stj.jus.br.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/SRWkE7EZhnA/Curso-on-line-sobre-precedentes-judiciais-no-STJ-recebe-inscricoes-a-partir-desta-quinta-feira–16-.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

STJ reconhece competência do STF para julgar pedido de suspensão contra fornecimento de merenda escolar em município do RJ – STJ

​​Pelo caráter eminentemente constitucional da controvérsia, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro …