Marcos Rogério defende MPs que minimizam efeitos da pandemia — Senado Notícias

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) defendeu a aprovação das medidas provisórias que tratam de ações para o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia da covid-19 nas relações de trabalho (MPs 927/2020 e 936/2020).

Segundo ele, a redução dos salários e da jornada de trabalho, para adequá-la às necessidades da produção, e a possibilidade de suspensão dos contratos de trabalho, para reativá-los passada a crise, são medidas que podem garantir a sobrevivência das empresas, especialmente as pequenas e médias, e, consequentemente, a posterior retomada da economia.

Na opinião de Marcos Rogério, é preciso que todos entendam que o governo, sozinho, por insuficiência orçamentária, é incapaz de conduzir o país para a superação da crise e de seus efeitos nos mais diversos setores. Por isso, segundo o senador, é necessário preservar o setor produtivo, pois ele é importante peça para gerar emprego e renda aos trabalhadores, que, no final das contas, compõem a maior parte do grupo consumidor.

 Se não afinarmos a nossa estratégia agora, as pequenas e médias empresas não terão outra saída, senão a dispensa massiva de trabalhadores. Teremos redução de consumo e, como efeitos em cascata, falência de outras empresas, dependência qualitativa e quantitativa de políticas governamentais assistencialistas, dispersão da penúria, piores condições sanitárias e maior vulnerabilidade da população a outras eventuais crises — disse.

Marcos Rogério ainda comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal de afastar a liminar do ministro Ricardo Lewandowski em ação que questionava a constitucionalidade de acordos individuais entre empregadores e trabalhadores sem o aval dos sindicatos laborais. A liminar de Lewandowski acolheu o pedido de inconstitucionalidade do dispositivo que permitia esse tipo de acordo, mas o plenário do STF decidiu de maneira contrária, acrescentou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/04/22/marcos-rogerio-defende-mps-que-minimizam-efeitos-da-pandemia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Parlamentares pedem que TCU investigue gasto de R$ 1,8 bi do governo com alimentos — Senado Notícias

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni …