Nova marca do PJe é lançada em webinar sobre automação

Com 450 participantes simultâneos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) iniciou na sexta-feira (24/4) o Programa de Formação para Automação Avançada no Processo Judicial Eletrônico (PJe). No evento de abertura, o presidente do CNJ e Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, apresentou a nova logomarca do PJe. Ele destacou que, com a adoção de um programa permanente de formação, o CNJ iniciou uma ação que muda a maneira como se olha a experiência da jurisdição digital em nosso país.

“O PJe, como todos sabem, é a plataforma de tramitação de processos que tem transformado o Poder Judiciário brasileiro. Maior celeridade, redução de gastos e ganhos ambientais são muitas das vantagens, entre tantas outras, da ferramenta”, afirmou. Sobre a nova logomarca, Toffoli ressaltou que o importante é aquilo que ela representa. “Queremos demonstrar a evolução do sistema, que passa a se apresentar como conceito de plataforma, a partir do desenvolvimento de diversos projetos de melhoria da infraestrutura, inovação, expansão de módulo, robotização e o uso da inteligência artificial.”

Ao apresentar o Programa de Formação para Automação Avançada no PJe, o juiz auxiliar da Presidência do CNJ Bráulio Gusmão enfatizou que os webinars proporcionarão um salto de qualidade no PJe. Ele explicou que o sistema possui uma ferramenta de BPM (Business Process Management, em português, Gerenciamento de Processos de Negócio) que é utilizada para modelagem dos processos de trabalho. “No PJe, o BPM é responsável por montar todo o fluxo de atividade judicial. Apesar dessa vantagem, a experiência tem mostrado que esse recurso é subutilizado. Há potencial para imprimir uma grande automação, com o compartilhamento de soluções aplicadas.”

Segundo Gusmão, o Programa de Formação para Automação Avançada no PJe pretende explorar o grande espaço para melhorias da plataforma e mitigar os desafios.

Nova metodologia

O primeiro webinar foi apresentado pelo técnico da Secretaria de Tecnologia do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) Paulo Porto, que abordou o tema “Nova metodologia para construções de fluxos no PJe utilizando mini fluxos”.

Outros três encontros já estão agendados, para os dias 30/04, 08/05 e 15/05, sempre no modelo de webinar e com início às 14h30. A proposta é que o Programa de Formação seja permanente e com novidades a cada semana.

Jeferson Melo
Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/nova-marca-do-pje-e-lancada-em-webinar-sobre-automacao/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=nova-marca-do-pje-e-lancada-em-webinar-sobre-automacao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …