Acordo entre Casa da Moeda e Sindicato dos Moedeiros é apresentado por ministro do TST

Uma proposta de acordo coletivo entre a Casa da Moeda do Brasil e o Sindicato Nacional dos Moedeiros foi apresentada pelo ministro Ives Gandra, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). O projeto é referente ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2020 e atende às seis prioridades apresentadas pelo Sindicato para manutenção de benefícios. A Casa da Moeda aceitou a proposta apresentada. Mas, caso não haja acordo, o caso será julgado pela Sessão Especializada em Dissídios Coletivos (SDC). Confira na reportagem de Talia Santos.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Acidente de trabalho: repositor de supermercado com contrato temporário tem direito à estabilidade 

A decisão segue o entendimento consolidado do TST sobre a matéria. 03/06/20 – A Quinta Turma …