Justiça Federal no PR promove exposição virtual de processos históricos da Sala da Memória

A Justiça Federal do Paraná (JFPR), por meio do Núcleo de Documentação (NDOC), preparou a “Exposição Virtual de Processos Históricos da Sala da Memória”. A exposição é realizada em comemoração ao Dia da Memória do Poder Judiciário, instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução nº 316, de 22 de abril de 2020. O dia 10 de maio foi a data designada, pois é a mesma da criação, em 1808, da Casa da Suplicação do Brasil, primeiro órgão de cúpula do Poder Judiciário brasileiro.

De acordo com o CNJ, a instituição de uma data própria é importante para valorizar e manter viva a memória dos tribunais e o legado das personalidades que fizeram a Justiça brasileira. Segundo o Ministro Dias Toffoli, presidente do CNJ e relator do Processo que deu origem à data, “os fatos e os acontecimentos que construíram a identidade cultural do Poder Judiciário devem ser preservados e valorizados. Além de vasto patrimônio material e imaterial, somos guardiões da história das personalidades que moldaram e construíram nossas instituições judiciárias. Ao reverenciarmos sua memória e impedirmos que o seu legado se desvaneça, nós os fazemos reviver”.

A JFPR possui mais de 3,5 mil processos e 36 mapas históricos digitalizados; mil deles já podem ser visualizados na íntegra na página da Instituição na internet, por meio do Projeto “Memória Online”. O acervo compreende os autos da 1ª fase da Instituição, no período de 1891 a 1937. Todo este acervo pode ser visitado AQUI.

No entanto, visando comemorar o Dia da Memória e dar maior visibilidade aos processos mais representativos de uma época, mais curiosos e interessantes, o NDOC selecionou alguns autos para destacá-los dos demais, assim como uma exposição presencial faria.

Você sabia que dentro do acervo histórico da JFPR está o processo que narra o assassinato do Barão do Cerro Azul? Que uma atriz, em 1921, foi obrigada a realizar exames de saúde por exercer “atividade suspeita de meretrício”? Que uma execução fiscal discutia tributos sobre um “lote de escravos”? Que um derrame de moeda falsa foi planejado utilizando-se de estátua encomendada para um cemitério?

E a comemoração do Dia da Memória também vai homenagear o servidor mais antigo em atividade na Justiça Federal do Paraná! Sabem quem é? Também há vídeos com depoimentos de Juízes que fizeram e fazem a História da JFPR.

E, então, ficaram curiosos? Que tal começar a visitar já esta Exposição?

Acessar a Exposição Virtual – Dia da Memória – Exposição Virtual aqui

E, para assistir aos depoimentos dos desembargadores federais, acesse:

Fonte: JFPR/TRF4

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-federal-no-pr-promove-exposicao-virtual-de-processos-historicos-da-sala-da-memoria/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=justica-federal-no-pr-promove-exposicao-virtual-de-processos-historicos-da-sala-da-memoria.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Adolescentes trans e travestis devem ter revista humanizada em Minas Gerais

Os adolescentes travestis e transexuais em centros socioeducativos mineiros deverão ser revistados apenas por profissionais …