Justiça eleitoral do RN ganha destaque no canal Memória da Justiça Brasileira

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) foi destaque do Canal Memojus Brasil (Memória da Justiça Brasileira). Em uma apresentação feita pela servidora Ana Paula Vasconcelos, do Centro de Memória Professor Tarcísio Medeiros, foram apresentadas as atividades realizadas pelo Centro de Memória com destaque para as ações realizadas nos últimos dois anos.

Atualmente, o Memojus é formado por mais de cento e vinte profissionais, dentre historiadores, arquivistas, museólogos, bibliotecários, jornalistas, juízes e desembargadores, que atuam na memória e gestão documental em todos os ramos do Poder Judiciário no Brasil. A mais recente conquista dessa rede em formação foi a criação do Dia da Memória do Poder Judiciário (10 de maio), instituído pela Resolução 316/2020 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No Memojus, foi inicialmente apresentada a proposta da Resolução por magistrado do TJSP, discutida e votada antes de ser encaminhada ao Comitê do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname) do CNJ.

Na apresentação do TRE do Rio Grande do Norte, a servidora Ana Paula Vasconcelos destacou a mudança do Centro de Memória da Secretaria Judiciária do Tribunal para integrar a estrutura da Escola Judiciária Eleitoral. E a importância da chegada da servidora Paulinéa Marise L. de Araújo, especialista em Gerenciamento de Projetos, Gestão de Processos e Gestão Pública, para que fosse possível dar início ao sonho de profissionalização do Centro de Memória.

“Em 2018 nós elaboramos nosso Plano Museológico, em 2019 nós iniciamos a modelagem e a documentação dos nossos processos finalísticos, três processos finalísticos, que identificamos ser os mais importantes (Exposição, Pesquisa e Atendimento ao Público); para 2020 pensamos os processos de apoio (Gerenciamento da Força de Trabalho, Gestão Patrimonial e Gestão de Tecnologia e Comunicação ambos em relação ao Centro de Memória e Gestão de Acervo Museal). Mesmo com o isolamento social, devido a pandemia, destes processos já finalizamos os três primeiros e estamos atualmente trabalhando o Processo de Gestão do Acervo Museal”, disse. Ela lembrou o início dos trabalhos, em 2015, nas ações do Ibram (Semana Nacional de Museus e Primavera dos Museus), inicialmente com o TRE/CE e posteriormente com vários outros tribunais eleitorais, de forma colaborativa, uma experiência gratificante”.

E frisou a importância desta vivência no grupo do Memojus Brasil pelas experiências trocadas – de valor inestimável tanto para sua formação pessoal quanto profissional – pela riqueza de conteúdo e engajamento dos membros.

O Centro de Memória Professor Tarcísio Medeiros, de sua criação em 2003 (Resolução nº10/2003) até fevereiro de 2019, integrava a Seção de Biblioteca, subordinada à Coordenadoria de Gestão da Informação, da Secretaria Judiciária. Ficou fechado de 2007 até setembro de 2011, quando passou a ocupar um pequeno espaço dentro da Seção de Biblioteca.

Em 2018 com a mudança para a nova Sede do TRE/RN, ganhou espaço próprio (cerca de 130m2). Após a aprovação da Resolução nº 3 de 14/2/2019 passou a integrar a estrutura da Escola Judiciária Eleitoral, como Núcleo do Centro de Memória. subordinada à Diretoria da Escola, Dra. Érika Paiva cujo apoio e incentivo tem sido constante.

Sua responsabilidade social é resgatar a memória institucional e divulgar a memória eleitoral; as pesquisas desenvolvidas por sua equipe visa, apresentar a biografias dos Desembargadores e Corregedores desta Casa; relatar a evolução das Zonas Eleitorais; apresentar os resultados de eleições; embasar e definir os roteiros das exposições e realizar pesquisas com vistas a publicações de folders, cartilhas e livros sobre temas referentes à Justiça Eleitoral. É um espaço aberto ao público em geral no horário de funcionamento da Sede do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte.

Fonte: TRE-RN

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-eleitoral-do-rn-ganha-destaque-no-canal-memoria-da-justica-brasileira/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=justica-eleitoral-do-rn-ganha-destaque-no-canal-memoria-da-justica-brasileira.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comarca do Tribunal de Justiça realiza correição virtual em presídio em Rondônia

Com o objetivo de verificar as condições do sistema penitenciário, mensalmente os juízes corregedores vão …