Mãos EmPENHAdas Contra a Violência chega às barbearias de Mato Grosso do Sul

Barba, Cabelo e Bigode – Violência não pode. #Todos juntos contra a violência doméstica. Este é o slogan da mais nova campanha desenvolvida pelo Tribunal de Justiça, por meio da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar em MS, sob o comando da juíza Helena Alice Machado Coelho.

A iniciativa amplia a rede de atuação do projeto Mãos EmPENHAdas Contra a Violência, pioneiro no país, lançado em 2017, com objetivo de tornar os profissionais da beleza multiplicadores de informações sobre todas as formas de violência doméstica e familiar contra as mulheres.

Desde o lançamento, o projeto tem a parceria de salões de beleza, com capacitação das profissionais que atuam nestes estabelecimentos para identificar a violência doméstica e orientar as vítimas. A ideia agora é levar a propostas para barbearias.

“Queremos capacitar e sensibilizar profissionais do segmento de estética masculina, para que sejam agentes multiplicadores de informação no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, a fim de reduzir os índices de violência e opressão em todos os espaços”, explicou a juíza Helena Alice.

Nesse primeiro momento, de acordo com a juíza, haverá ampla divulgação das mídias sociais e sensibilização dos estabelecimentos visando a parceria e participação no programa.

“O Programa Mãos Empenhadas contra a Violência, que teve reconhecimento nacional e internacional por mobilizar vários parceiros do segmento de beleza feminino, amplia agora seu alcance e propõe atuar também nos espaços voltados para o público masculino, como as barbearias”, completou Helena.

Saiba mais

A exemplo da etapa envolvendo profissionais de salões femininos, serão realizadas capacitações de caráter preventivo e informativo com os profissionais que atuam nas barbearias, com informação e reflexão sobre a violência contra a mulher, desmistificando estereótipos de gênero, paradigmas machistas presentes no discurso masculino, que trazem prejuízos também para o homem.

Os estabelecimentos parceiros receberão o selo do programa, assim como os profissionais receberão certificado de conclusão do curso, tornando-se agentes multiplicadores de informação, no enfrentamento à violência contra a mulher. Com a parceria estabelecida, a Coordenadoria da Mulher estará em contato frequente com os parceiros, oferecendo reposição de material informativo e divulgando os estabelecimentos nos canais oficiais do TJMS.

A previsão é que no segundo semestre de 2020 seja realizada a mobilização e capacitação da primeira turma. Em decorrência da pandemia, a primeira capacitação possivelmente será realizada em formato de videoconferência, garantindo a segurança de todos os participantes e, ao mesmo tempo, a possibilidade de interação com a equipe formadora.

Importante lembrar que a ampliação do programa contempla a adesão ao movimento ElesPorElas, que busca promover o engajamento dos homens na luta pelo fim da violência contra as mulheres.

Fonte: TJMS

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/maos-empenhadas-contra-a-violencia-chega-as-barbearias-de-mato-grosso-do-sul/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=maos-empenhadas-contra-a-violencia-chega-as-barbearias-de-mato-grosso-do-sul.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comarca do Tribunal de Justiça realiza correição virtual em presídio em Rondônia

Com o objetivo de verificar as condições do sistema penitenciário, mensalmente os juízes corregedores vão …