Boletim ao vivo | Gravação de conversa será usada como prova em ação contra construtora


                         Baixe o áudio
      

 

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou o recurso da Quartz Construções e Materiais, de Brasília, contra a condenação ao pagamento de indenização por dano moral a um assessor de gerência. O empregado apresentou na Justiça a gravação de uma conversa em que foi acusado de furto pela gerente, mas a empresa alegava que prova era ilegal. Na ocasião, o empregado teria sido acusado pela gerente da empresa, em ligação gravada pela advogada, de furto.

Confira os detalhes sobre o caso na reportagem.

 

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Trabalho em Pauta: quinto episódio destaca as audiências telepresenciais no TST e nos TRTs

                           Baixe o áudio Reproduzir o áudio   Pausar o áudio   Aumentar o …