Começa nesta segunda (29/6) plano de retorno às atividades presenciais no RJ

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) retoma as atividades presenciais nesta segunda-feira (29/06). Para garantir a segurança das pessoas que transitam pelos fóruns diariamente, o TJ elaborou uma série de medidas visando evitar o contágio pelo novo coronavírus. O Ato Normativo Conjunto nº 25, publicado no dia 11 de junho no Diário da Justiça, regulamenta o Plano de Retorno às atividades físicas do Tribunal de Justiça do Rio.

O retorno será gradual e escalonado, de acordo com as leis e resoluções em vigor, respeitando as medidas sanitárias recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e informações técnicas de órgãos públicos como Ministério da Saúde, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Secretaria Estadual de Saúde.

Máscaras e protetores faciais serão disponibilizados aos funcionários, e deverão ser utilizadas no atendimento ao público. Diretor da área de perícia e saúde ocupacional do Departamento de Saúde (Desau), especialista em terapia intensiva e membro do serviço de terapia intensiva do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o médico Carlos Ferrari recomenda também, entre outras práticas, o uso das escadas em detrimento dos elevadores, para evitar aglomerações.

“Deverão ser observados os cuidados universalmente preconizados pelos organismos internacionais como lavar sempre as mãos em água corrente e sabão ou limpar com álcool em gel; evitar aglomerações; evitar posicionar-se a menos de 1.5 m de outras pessoas, procurar tossir ou espirrar na articulação interna do cotovelo, evitando a dispersão de aerossóis”, sugeriu.

O médico afirmou que o TJ do Rio irá seguir todas as diretrizes elaboradas pelas autoridades de saúde sanitária para garantir que o atendimento à população seja feito da forma adequada, sem prejudicar os serviços do Poder Judiciário. “Teremos cuidados para que a prestação dos serviços jurisdicionais e administrativos ocorram com segurança, identificando-se precocemente e acompanhando epidemiologicamente os casos suspeitos, confirmados e contactantes.”

Ferrari alerta que ainda não há vacinas ou medicamentos com eficácia cientificamente comprovadas contra a Covid-19 neste momento. Ele pede que os casos suspeitos e confirmados do novo coronavírus sejam avisados ao Departamento de Saúde do TJRJ, que fará o acompanhamento à distância. “Os casos leves, sem cansaço, febre elevada, queda importante do estado geral, a de ar ou queda na saturação de oxigênio inferior a 95% (verificada em oxímetro portátil), não precisam ser encaminhados a hospital, podendo ser monitorizados à distância – informou o médico, que também recorda que os planos de saúde oferecem serviços de teleatendimento.”

Fonte: TJRJ

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/comeca-nesta-segunda-29-6-plano-de-retorno-as-atividades-presenciais-no-rj/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=comeca-nesta-segunda-29-6-plano-de-retorno-as-atividades-presenciais-no-rj.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comarca do Tribunal de Justiça realiza correição virtual em presídio em Rondônia

Com o objetivo de verificar as condições do sistema penitenciário, mensalmente os juízes corregedores vão …