PE: Gabinete reduz acervo de processos durante período de trabalho remoto

Durante o período de trabalho remoto do Judiciário em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o gabinete da desembargadora do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Daisy Andrade, encerrou o primeiro semestre de 2020 com apenas 32 processos no acervo. O balanço positivo do empenho incondicional de toda equipe foi apresentado em reunião realizada antes do recesso judiciário. Os resultados foram alcançados a partir de metas que já vinham sendo trabalhadas desde o início do ano. O principal objetivo era reduzir o acervo de processos do gabinete que, em dezembro de 2019 contava com o número de 743 feitos.

De acordo com levantamento de dados atualizados, o acervo do gabinete da desembargadora tinha 566 processos em 17 de março. No período entre 18 de março a 31 de maio, foram distribuídos 362 feitos novos; julgados em sessão 54; proferidas 21 decisões terminativas, 60 decisões interlocutórias e 99 despachos. Além disso, foram ainda remetidos 271 processos à pauta para julgamento e 307 à revisão.

Com todo o esforço empreendido, o gabinete encerrou o primeiro semestre de 2020 com apenas 32 feitos, todos com menos de 100 dias e nenhum para revisão ou referente ao ano de 2019. Para a desembargadora Daisy Andrade, esses números são reflexo do esforço concentrado empreendido durante o isolamento social decorrente da pandemia da covid-19, que levou cada pessoa a repensar atitudes e comportamentos, os quais refletiram diretamente em suas rotinas diárias e em todos os aspectos de suas vidas, inclusive, no trabalho.

“Percebemos a necessidade de estabelecer novas estratégias, metas e rotinas que fossem capazes de manter a prestação jurisdicional sem descuidar das cautelas e cuidados necessários com a integridade física e emocional de toda equipe. Assim, conseguimos reduzir significativamente todo acervo do gabinete durante o período compreendido entre 18 de março e 31 de maio. Isso só foi possível graças à unidade de propósitos que permeia toda a equipe de servidores, cuja dedicação e compromisso foi materializada em números e ações”, destaca a desembargadora.

Terceira Câmara Criminal

Daisy Andrade integra a Terceira Câmara Criminal, juntamente com os desembargadores Cláudio Jean Nogueira Virgínio (presidente) e Eudes França. Com relação aos julgamentos colegiados, a referida câmara realizou no dia 17 de abril sua primeira sessão através do Plenário Virtual. Na ocasião, foram julgados um total 103 feitos, dentre os quais 21 habeas corpus.

Dando sequência aos trabalhos, a Terceira Câmara conseguiu realizar mais duas sessões no mês de maio e uma no mês de junho por meio da plataforma virtual. O total de feitos julgados colegiadamente por todos os integrantes da Terceira Câmara Criminal, de abril a junho, foi de 474 feitos entre apelações, recursos em sentido estrito, agravos de execução penal, conflitos de jurisdição e habeas corpus.

Fonte: TJPE

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/pe-gabinete-reduz-acervo-de-processos-durante-periodo-de-trabalho-remoto/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=pe-gabinete-reduz-acervo-de-processos-durante-periodo-de-trabalho-remoto.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Produtividade: Justiça Federal da 3ª Região julga 622 processos de 27 a 30 de julho

Três Turmas, uma Seção e o Órgão Especial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região …