Confira a programação da Rádio Justiça para esta quinta-feira (16) – STF

Revista Justiça
No programa desta quinta-feira, um médico fala explica os possíveis resultados da alimentação inadequada de adultos e crianças durante a pandemia. Outro tema é a Lei Geral de Proteção de Dados, que teve a entrada em vigor antecipada de maio de 2021 para agosto deste ano. A lei estabelece regras para a utilização de informações e dados pessoais no ambiente on-line. Vamos discutir, também, uma decisão judicial que permite aposentadoria integral para servidores que ingressaram na carreira pública até 2003. Quinta-feira, às 8h.

A Hora do Maestro
O maestro Cláudio Cohen faz um passeio pelas grandes obras musicais escritas em todos os tempos e traz o melhor da música clássica dos grandes compositores em interpretações especiais. No programa desta quinta-feira, obras de Samuel Barber. Quinta-feira, às 13h e às 20h.

Justiça na Tarde
O programa vai falar sobre o impacto da pandemia no mercado de trabalho para pessoas com deficiência. Um especialista vai explicar se existe obrigatoriedade legal para que as empresas públicas ou privadas mantenham um percentual de vagas ocupadas por empregados ou servidores com deficiência, mesmo em estado de calamidade pública. Vamos ouvir, também, um especialista em Direito Ambiental sobre a posse responsável de animais. Quinta-feira, às 14h05.

Rádio Justiça
A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site radiojustica.jus.br. Acompanhe a programação e siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço twitter.com/radiojustica.

 

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=447640.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Teto constitucional incide sobre a acumulação de pensão com aposentadoria – STF

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quinta-feira (6), que o teto constitucional …