Comissão da Justiça Eleitoral vai enfrentar desinformação nas eleições municipais gaúchas

Foi publicada na terça-feira (21/7) a Portaria TRE-RS P nº 576, no âmbito da Justiça Eleitoral gaúcha, nomeando a equipe responsável por desenvolver formas de combate à desinformação causada pela disseminação de notícias falsas referentes ao pleito municipal de 2020. A denominada “Comissão de Enfrentamento à Desinformação do TRE-RS” tem como presidente o diretor-executivo da Escola Judiciária Eleitoral do Rio Grande do Sul (EJERS), desembargador Jorge Luís Dall’Agnol.

Além do magistrado, são integrantes do grupo o diretor-geral do TRE-RS, Josemar Riesgo, o secretário judiciário da instituição, Rogerio Vargas, o secretário de Tecnologia da Informação, Daniel Wobeto, o assessor-chefe da Presidência, João Marcelo Longhi, o assessor de comunicação, Cleber Moreira, e o gerente do Núcleo de Ouvidoria, Augusto Schulz.

O principal foco de trabalho da comissão será a discussão de medidas que possam ser adotadas para melhorar o entendimento do cidadão sobre o funcionamento do processo eleitoral, buscando assim mitigar o alcance das informações incorretas compartilhadas, principalmente por usuários de redes sociais e aplicativos de envio de mensagens, durante o período eleitoral.

Combate à desinformação

A primeira ação concreta tomada pela equipe foi a realização de parcerias com as principais rádios da capital do estado para veiculação de peças sonoras, com 30s de duração, contendo esclarecimentos sobre temas referentes à atuação da Justiça Eleitoral e que são passíveis de dúvidas por uma parcela da população.

Além disso, por meio de colaboração com a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (AGERT), os spots serão distribuídos para outras 321 rádios, associadas à entidade, e localizadas no interior e capital do Rio Grande do Sul.

Fonte: TRE-RS

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/comissao-da-justica-eleitoral-vai-enfrentar-desinformacao-nas-eleicoes-municipais-gauchas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=comissao-da-justica-eleitoral-vai-enfrentar-desinformacao-nas-eleicoes-municipais-gauchas.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Judiciário terá reserva de vagas de estágio para negros

Os processos seletivos para estágio nos órgãos do Poder Judiciário deverão reservar, no mínimo, 30% …