Detentos do Presídio Regional de Nanuque (MG) recebem visitas virtuais

Os detentos do Presídio Regional de Nanuque (MG) resgataram, desde o último dia 15 de julho, o direito de receber visitas de parentes. Não são presenciais, como ocorria antes da pandemia da Covid-19, mas por meio de videoconferências. O uso da tecnologia de ponta é uma parceria entre a direção do presídio, a comarca de Nanuque e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), responsável pela cessão dos equipamentos para uso dos presos. Inovador, o projeto foi batizado de “A Esperança Vem de Casa” e, nas próximas semanas, deverá contemplar pelos menos 90 detentos do presídio.

Titular da 2ª Vara Criminal e Execuções Penais, a juíza Aline Gomes Silva Santos, conta que a ideia surgiu durante uma conversa com o diretor do presídio, Jovane Quaresma dos Santos. E não foi nada complicado, pois os equipamentos (computador, monitor e câmera) já haviam sido cedidos pela OAB para a realização de audiências virtuais dos presos do regime fechado. Bastou uma adaptação para que os detentos pudessem se comunicar com seus parentes. A conta mensal da internet também é de responsabilidade da OAB.

“Estamos resgatando um direito dos presos de receber visitas, proibidas desde o final de março, em função da pandemia”, observa a magistrada Aline. Ela lembra que as visitas fazem parte do processo de ressocialização de quem está privado de liberdade, e o uso da tecnologia torna-se um importante aliado para que os presos não percam este direito, mesmo com a situação de crise sanitária vivida pelo país.

Zona rural

O projeto respeita todas as regras de distanciamento social. As visitas virtuais ocorrem duas vezes por semana, sempre às quartas e quintas. Cada preso tem o direito de se conectar com a família pelo período de 20 minutos. Por dia, a direção do presídio consegue atender cinco presos. A plataforma adotada para a conexão é a Google Meet, muito utilizada atualmente tanto no meio corporativo, quanto de forma doméstica por usuários do mundo inteiro.

“É importante lembrar que estamos tomando todas as precauções sanitárias para evitar contágios pela covid-19. Até o momento, o projeto já contemplou 15 presos, mas nossa previsão é de atender pelo menos 90 detentos”, ressaltou o diretor do Presídio Regional de Nanuque, Jovane Quaresma dos Santos.

O presídio, atualmente abriga 162 detentos. De acordo com o diretor, muitas famílias moram na zona rural e não têm a menor condição técnica para uma conexão de internet que possibilite a videoconferência. Contudo, ele garante que aos poucos vai aumentar o cadastro, para que mais presos possam conversar com seus parentes.

“A videoconferência é uma forma de amenizar o distanciamento entre os detentos e suas famílias”, completou a magistrada Aline Gomes dos Santos Silva, que está na comarca de Nanuque desde 2017 e que também exerce a função de corregedora do Presídio Regional.

O presidente da OAB de Nanuque, Tadeu Barberino Rios, comemora o sucesso da iniciativa e espera que o projeto se espalhe por outros presídios. “É um investimento muito pequeno e que proporciona uma alegria muito grande para os detentos que não podiam receber visitas. Estamos muito contentes com a parceria de sucesso”, comemora o presidente.

Fonte: TJMG

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/detentos-do-presidio-regional-de-nanuque-mg-recebem-visitas-virtuais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=detentos-do-presidio-regional-de-nanuque-mg-recebem-visitas-virtuais.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Projeto no Espírito Santo ouve necessidades e esclarece direitos de pessoas presas

Durante o período de distanciamento social, a Vara de Execuções Penais de Vila Velha (ES) …