Sinal Vermelho: Denúncia de agressores em farmácias é ferramenta a favor da mulher

Para a juíza Marcella Pontes Garcia, a campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica, que permite a denúncia de agressores em farmácias de Alagoas, é mais uma ferramenta a favor da mulher. “A sociedade de mãos dadas com o Poder Judiciário e com a força policial: juntos somos mais fortes no combate à violência doméstica contra a mulher.”

A campanha da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem apoio do Poder Judiciário de Alagoas e do Conselho Regional de Farmácia (CRF-AL). Mais de 100 farmácias da capital e do interior estão engajadas na luta contra a violência doméstica. Ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades.

“Esse sinal pode salvar vidas”, reforça o desembargador Tutmés Airan, presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL). O farmacêutico ou atendente as conduzirá a uma sala reservada, discará 190 e chamará a Polícia Militar. Caso a vítima sinta necessidade de deixar o local, o profissional da farmácia anotará o nome completo dela, endereço e telefone.

A iniciativa conta com a participação de quase 10 mil farmácias em todo o país e é uma resposta conjunta de membros do Judiciário ao aumento dos casos de violência doméstica durante a pandemia. Em Alagoas, 96 estabelecimentos conveniados à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) participam desde o lançamento da campanha.

Fonte: TJAL

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/sinal-vermelho-denuncia-de-agressores-em-farmacias-e-ferramenta-a-favor-da-mulher/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=sinal-vermelho-denuncia-de-agressores-em-farmacias-e-ferramenta-a-favor-da-mulher.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Resolução institui PJe das Corregedorias na Justiça Estadual de Rondônia

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) publicou a Resolução 154/2020, que institui o PJeCor …