OAB solicita a revisão da proposta que compromete vagas de trabalho de pessoas com deficiência – OAB

A OAB Nacional encaminhou ofício à Presidência da República,
nesta sexta-feira (31), solicitando a revisão da proposta de Medida Provisória
(MP) de criação do Programa Garantia Jovem, nas partes em que compromete a Lei
de Cotas e a reserva de vagas no mercado de trabalho para pessoas com
deficiência. O pedido acolhe a indicação da Comissão Nacional dos Direitos da
Pessoa com Deficiência do Conselho Federal, que tem assento no Conselho
Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONADE).

De acordo com a minuta do texto da MP, que circula nas redes
sociais e grupos de WhatsApp, as empresas – com cem ou mais empregados – ficam
desobrigadas a destinarem, exclusivamente às pessoas com deficiência ou
reabilitados, de 2% a 5% do total de empregos. A proposta também libera as
pessoas jurídicas de direitos público e privado a reservarem 10% das vagas de
estágios, exclusivamente às pessoas com deficiência, ao oferecer à concedente
do estágio a opção de estender esse percentual para jovens que ocupam programas
de acolhimento.

No ofício, a OAB argumenta, que da forma como está proposta,
agrava o quadro de exclusão das pessoas com deficiência do cenário laboral ao
violar “os princípios da igualdade de oportunidades e justiça social,
consagrados na Constituição da República de 1988, na Convenção da ONU sobre os
Direitos das Pessoas com Deficiência – CDPD (ratificada pelo Brasil com status
de emenda constitucional), na Lei Brasileira de Inclusão – LBI (Lei n°
13.146/15) e na própria Lei de Cotas (Lei n° 8.213/91)”.

Para a Ordem, a iniciativa de promover empregabilidade e
inclusão dos jovens egressos do sistema de acolhimento institucional é
louvável, mas não deve comprometer a Lei de Cotas, que viabiliza a participação
das pessoas com deficiência da arena social e é importante agente de transformação
social e da dignidade humana.

Confira a íntegra do ofício

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/58355/oab-solicita-a-revisao-da-proposta-que-compromete-vagas-de-trabalho-de-pessoas-com-deficiencia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

OAB acompanha comitiva de parlamentares em região afetada por incêndios no Pantanal – OAB

A OAB Nacional e a OAB-MT participaram, no último fim de semana, da mobilização de …