Justiça paulista inicia segunda fase de projeto para gravação de audiências

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) iniciou na segunda-feira (10/8) a segunda fase do projeto Gravação de Audiências, por meio do qual uma ferramenta interligada ao Sistema de Automação do Judiciário (SAJ) possibilita que arquivos de áudio e vídeo sejam anexados automaticamente ao processo digital. O modelo evita procedimentos manuais e armazenamento de mídias em cartório, aumentando a segurança dos dados colhidos no ato processual.

Entre as novas funcionalidades, estão previstas a possibilidade de gravação por webconnection (sistema utilizado para o trabalho remoto) e a permissão de inserção de arquivos .mp4. O modelo confere também mais celeridade e padronização, além de facilitar a disponibilização das gravações para magistrados, servidores e partes do processo.

Na primeira fase, o projeto abarcou cerca de 300 unidades especializadas em competências Criminal, Infância e Juventude Infracional, Juizados Especiais Criminais, Júri e Violência Doméstica. Agora contemplará mais 1.600 varas especializadas da área Cível e cumulativas de todo estado de São Paulo. Unidades de Presidente Prudente, Campinas, São José do Rio Preto e Grande São Paulo já receberam a funcionalidade e o cronograma segue até outubro. Confira aqui.

Fonte: TJSP

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-paulista-inicia-segunda-fase-de-projeto-para-gravacao-de-audiencias/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=justica-paulista-inicia-segunda-fase-de-projeto-para-gravacao-de-audiencias.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …