Mais de 269 mil decisões proferidas em trabalho remoto no Superior Tribunal de Justiça

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) proferiu mais de 269 mil decisões desde o início do trabalho remoto. A medida foi implementada em 16 de março para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo os dados de produtividade atualizados na segunda-feira (10/8), o STJ realizou 86 sessões virtuais para o julgamento de recursos internos (agravos regimentais, agravos internos e embargos de declaração). Das 269.222 decisões produzidas entre 16 de março e 9 de agosto, 203.588 foram terminativas e 65.634, interlocutórias ou despachos.

A maior parte das decisões terminativas (166.336) foi proferida de forma monocrática, enquanto as restantes (37.252) foram tomadas em colegiado. Entre as classes processuais, as que mais tiveram decisões foram os agravos em recurso especial (83.681), os habeas corpus (58.124) e os recursos especiais (35.446).

Fonte: STJ

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/mais-de-269-mil-decisoes-proferidas-em-trabalho-remoto-no-superior-tribunal-de-justica/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=mais-de-269-mil-decisoes-proferidas-em-trabalho-remoto-no-superior-tribunal-de-justica.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Resolução institui PJe das Corregedorias na Justiça Estadual de Rondônia

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) publicou a Resolução 154/2020, que institui o PJeCor …