Seminário digital debate a pandemia da Covid-19 e o impacto no acesso à Justiça

Estão abertas até quarta-feira (19/8) as inscrições para o seminário digital “A pandemia e o acesso à Justiça: impactos, transformações e novos desafios”. O evento é organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn) e vai apresentar e discutir os fatos jurídicos, suas repercussões durante o período de afastamento social causado pela pandemia da Covid-19 e os reflexos na produção, eficiência e acesso ao Judiciário, bem como o papel da Escola de Magistratura no aperfeiçoamento dos magistrados e servidores nestes novos tempos.

Magistrados, advogados e servidores da Justiça interessados em participar devem se inscrever neste formulário eletrônico

O seminário será nesta sexta-feira (21/8), às 9h, por meio da plataforma Cisco-Webex e com transmissão ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube. O conselheiro do CNJ Emmanoel Pereira fará a abertura e a mediação do evento, que conta com três painéis.

No primeiro, “As ações do Poder Judiciário em tempos de pandemia”, participam o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Aloysio Corrêa da Veiga, e os corregedores-gerais de Justiça do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador Amaury Moura Sobrinho, do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT21), desembargadora Pérpetuo Wanderley, e do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador Carlos Rebêlo.

O segundo painel  debate “A Justiça no novo normal”, com o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Sanseverino, da juíza auxiliar da Corregedoria Nacional e coordenadora de Pesquisa da Esmarn, Keity Saboya, da presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, e do secretário-geral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, José Alberto Simonetti.

O último painel tem como tema “Formação do magistrado na pós-pandemia: novos paradigmas”, com o ministro do STJ Luis Felipe Salomão, o diretor da Esmarn, desembargador Saraiva Sobrinho, o diretor da Ejud-21, desembargador Eridson Medeiros, e o diretor da Esmafe-5, desembargador Rogério Fialho.

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/seminario-digital-debate-a-pandemia-da-covid-19-e-o-impacto-no-acesso-a-justica/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seminario-digital-debate-a-pandemia-da-covid-19-e-o-impacto-no-acesso-a-justica.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …