Microempresa Securvid tem direito à justiça gratuita negado

A microempresa Securvid Vidros de Segurança de Uberlândia, Minas Gerais, perdeu o direito à justiça gratuita por não conseguir comprovar insuficiência econômica. O caso foi julgado pela Sessão 2 de Dissídios Individuais (SDI-2). A SDI-2 concluiu que os documentos apresentados para validar a situação financeira não constituíam prova cabal e inarredável da efetiva condição de insuficiência econômica da pessoa jurídica.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Empresa de ônibus é condenada por contratação insuficiente de pessoas com deficiência

A empresa deverá pagar R$ 75 mil por danos morais coletivos. Ônibus na rodoviária. Foto: …