Programa de formação destaca uso de inteligência artificial no PJe para execução fiscal

O Programa de Formação para Automação Avançada no Processo Judicial Eletrônico (PJe) segue nesta sexta-feira (21/8), às 14h, com o módulo “Triagem inicial na execução fiscal: ELIS/SINAPSES”. Durante o encontro, os participantes vão conhecer como o uso conjunto das ferramentas de inteligência artificial Elis e Sinapses com o PJe possibilita aprimorar e dar maior celeridade à fase inicial dos processos de execução fiscal.

Faça sua inscrição em https://eventos.cnj.jus.br/inscricao-modulo-xiv-triagem-inicial-na-execucao-fiscal-elissinapses

A Elis é um modelo de inteligência artificial desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) que realiza triagem de processos de execução fiscal, que totalizam mais de 50% de todas as ações que estão em trâmite no estado nordestino. Enquanto a triagem manual de 70 mil processos leva em média um ano e meio, a Elis analisa pouco mais de 80 mil em 15 dias.

A solução de IA desenvolvida pelo TJPE foi integrada à plataforma Sinapses e os participantes do módulo vão conhecer como utilizá-la no PJe.

Programa de formação

Este é o décimo quarto módulo da qualificação realizada pelo Conselho Nacional de Justiça desde abril. Até o momento, mais de 1,7 mil técnicos e magistrados de todo o país já participaram dos encontros semanais para aprimorar o uso das soluções do PJe, como a ferramenta de Business Process Management (BPM, em português, Gerenciamento de Processos de Negócio).

O programa estimula desenvolvedores de tecnologia dos tribunais a utilizarem de maneira criativa as ferramentas para melhorarem a plataforma digital de tramitação de processos. No próximo módulo, dia 28 de agosto, o tema é “Editor LibreOffice: plugins e SINAPSES”.

Saiba mais sobre o Programa de Formação para Automação Avançada no PJe

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/programa-de-formacao-destaca-uso-de-inteligencia-artificial-no-pje-para-execucao-fiscal/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=programa-de-formacao-destaca-uso-de-inteligencia-artificial-no-pje-para-execucao-fiscal.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …