STF acolhe pleito da OAB e declara inconstitucional taxa de incêndio em MG – OAB

Ao julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4411, proposta pela OAB Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucionais artigos da Lei Estadual 14.398/03, de Minas Gerais, que previam a cobrança da Taxa de Segurança Pública por potencial utilização do serviço de extinção de incêndios (taxa de incêndio) e regulamentavam seu modo de cálculo.

Por maioria, o STF entendeu que o tributo instituído não se compatibiliza com o artigo 145, inciso II da Constituição Federal, que dispõe sobre a competência dos entes federados para a instituição de taxas.

 Na petição inicial, a OAB Nacional expôs exatamente a falta de amparo constitucional para que um estado institua taxa com receita vinculada à prestação de serviço de segurança pública (combate e prevenção de incêndios), cujo custeio deve ser universal e, portanto, necessariamente advindo de receita de impostos.

Veja a petição inicial da OAB

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/58391/stf-acolhe-pleito-da-oab-e-declara-inconstitucional-taxa-de-incendio-em-mg.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

OAB vai ao STF contra decreto que excluiu representantes da sociedade civil do Conad – OAB

A OAB Nacional ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), …