Bahia: Justiça Eleitoral é premiada por liderar Ranking da Transparência do Judiciário

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) foi premiado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como o tribunal de melhor desempenho no Ranking da Transparência do Poder Judiciário. A cerimônia ocorreu nesta terça-feira (18/8), durante Sessão Ordinária Solene de 15 anos do CNJ, com transmissão ao vivo pelo YouTube do CNJ.

Ao atingir 98,56% dos critérios avaliados, o TRE-BA alcançou o primeiro lugar ao lado do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE). O Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) obteve 97,77% e conquistou a terceira posição. Foram premiados ainda o Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20), que obteve 95,58%, ficando em quarto lugar e, empatados na quinta colocação, com 95,69%, os tribunais eleitorais do Pará (TRE-PA) e do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

O presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior comentou a importância do prêmio para o Regional. “É muito significativo, porque é o primeiro colocado entre todos os tribunais do país. A transparência é uma regra imposta pela Constituição Federal, no qual se prestigia princípios importantes, como da publicidade e moralidade. Num Estado democrático de direito, a atuação dos gestores e órgãos públicos tem que ser voltada à transparência.”

Essa é terceira edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário, instituído pela Resolução CNJ nº 260/2018. O Ranking busca valorizar os tribunais e conselhos que mais se destacam no fornecimento de informação, promovendo a transparência, como prevê a Lei de Acesso à Informação. Em 2018, o TRE-BA atingiu 87,59%, ficando em 2º lugar. Em 2019, o percentual alcançado foi de 92,62 %, levando o TRE-BA a ocupar a 7ª posição.

Além da apresentação dos tribunais premiados na 3ª edição do Ranking da Transparência do CNJ, durante a sessão houve ainda o lançamento do Selo Comemorativo, do livro CNJ 15 Anos e da publicação CNJ em Números e ainda a inauguração das galerias de fotos dos presidentes do CNJ e dos corregedores nacionais de Justiça.

Fonte: TRE-BA

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/bahia-justica-eleitoral-e-premiada-por-liderar-ranking-da-transparencia-do-judiciario/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=bahia-justica-eleitoral-e-premiada-por-liderar-ranking-da-transparencia-do-judiciario.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça Eleitoral do Espírito Santo lança cartilha com biografia dos presidentes do Tribunal

O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), por meio da Comissão de Preservação e …