Ministro Dias Toffoli se reúne com magistrados do Acre – STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, reuniu-se, nesta sexta-feira (28), por videoconferência, com magistrados do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) e do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-AC). O encontro é parte da série de reuniões institucionais que ele vem realizando com todos os tribunais brasileiros desde o início de seu mandato na Presidência do Supremo.

Citando dados do relatório “Justiça em Números 2020”, divulgado nesta semana, o ministro Dias Toffoli reforçou que o Judiciário brasileiro é o que mais julga no mundo. Segundo o estudo, tramitaram no Brasil, no ano passado, 77 milhões de processos judiciais, com 33 milhões de causas resolvidas. “Não há país no mundo que tenha tantos processos tramitando. É necessário, sem dúvida, tentar resolver os litígios aumentando a conciliação e a mediação”, disse.

Justiça acessível

O presidente do STF e do CNJ destacou que, em outros países, o cidadão não vai à Justiça, pois é cara. “Nesses lugares, a Justiça é feita para um grupo de pessoas, não para toda a sociedade. No Brasil, felizmente, a Justiça é acessível a todos. Temos a Defensoria Pública, que atua exatamente na defesa daqueles que não têm condições de arcar com os custos. Temos uma dimensão maior do sistema de Justiça do que a grande maioria dos países”, frisou, lembrando que o Ministério Público também atua na defesa dos direitos coletivos.

O ministro Dias Toffoli observou ainda que a região amazônica é estratégica para o país. “Temos a função de sermos legatários desse imenso território. Precisamos defender a Amazônia e mostrar o trabalho do Estado”, salientou.

Processo eletrônico

O presidente do TJ-AC, desembargador Francisco Djalma, disse que o Judiciário estadual enfrenta um dos seus maiores desafios devido à pandemia da Covid-19. “O tribunal não parou. Estamos com 100% dos processos eletrônicos, o que possibilitou uma adaptação rápida a esse desafio”, acentuou.

Ele destacou ainda a importância do Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU), iniciativa do CNJ que centraliza e uniformiza a gestão de processos de execução penal em todo o país. Segundo o magistrado, 16,5 mil processos do TJ-AC foram migrados para a plataforma nacional, que é um número relevante diante do tamanho do estado.

Transparência

A presidente do TRE-AC, desembargadora Denise Bonfim, destacou que o tribunal fará as eleições municipais deste ano da melhor maneira possível. “Nunca vivenciamos um momento como esse”, assinalou. Ela também afirmou que o TRE-AC está totalmente integrado ao Processo Judicial Eletrônico (PJe) e ocupa o quinto lugar no ranking de transparência entre os 27 TREs do país.

Realidade local

O objetivo desses encontros é conhecer a realidade local e os problemas dos diversos tribunais. Até o início do ano, as visitas eram presenciais, mas, com a necessidade de evitar a propagação da Covid-19 por meio do distanciamento social, as reuniões passaram a ser telepresenciais.

Com o evento da manhã de hoje, o presidente do STF e do CNJ já promoveu encontros com tribunais de 25 estados e do Distrito Federal. Nesta sexta à tarde, o ministro Dias Toffoli irá encerrar as visitas em reunião com magistrados do Amazonas, concluindo todas as unidades da federação do país.

RP/EH

 

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=450579.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Aumento de alíquota da Cofins para importação é constitucional – STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a constitucionalidade do aumento em um ponto percentual da …