Ouvidor do CNJ discute parceria para promoção de direitos humanos

O ouvidor do CNJ, conselheiro André Godinho, recebe o ouvidor nacional de Direitos Humanos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Fernando Pereira. (Na foto, da esq. para dir.: chefe de gabinete da Ouvidoria do CNJ, Ronaldo Pedron, o conselheiro André Godinho, o ouvidor nacional Fernando Pereira e o assessor Reinaldo Lascasas.) FOTO: G. Dettmar/Ag. CNJ

O conselheiro ouvidor do CNJ, André Godinho, recebeu nesta quinta-feira (27/8) o ouvidor nacional de Direitos Humanos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Fernando César Pereira Ferreira, para discutir possíveis parcerias e integração entre a Ouvidoria do CNJ, as dos tribunais e a do ministério.

Foram apresentados dados sobre os canais de denúncia do órgão do Executivo Federal e a possibilidade de parcerias com a Ouvidoria do CNJ, em especial para encaminhamento de denúncias relativas a violações de direitos humanos no sistema prisional e atos de violência contra mulheres, crianças e adolescentes. Também participaram da reunião o chefe de gabinete da Ouvidoria do CNJ, Ronaldo Pedron, e o assessor do MMFDH, Reinaldo Lascasas.

Na ocasião, o ouvidor do MMFDH convidou a Ouvidoria do CNJ para compor grupo de trabalho sobre o tema, que já conta com a parceria da Ouvidoria do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Ficou acertado que as áreas técnicas dos órgãos farão reunião de trabalho nós próximos dias para apresentação de dados e informações pormenorizadas a fim de que os pontos de ação conjunta sejam mapeados.

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/ouvidor-do-cnj-discute-parceria-para-promocao-de-direitos-humanos/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=ouvidor-do-cnj-discute-parceria-para-promocao-de-direitos-humanos.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Nome social é direito assegurado no âmbito da Justiça Eleitoral cearense

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) assegura o direito à adoção do nome social …