Candidato que teve contratação cancelada não será indenizado

Um trabalhador, que se candidatou a uma vaga de montador na loja do Ponto Frio, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul (RS), teve a sua contratação cancelada. A desistência por parte da empresa se deu após o candidato à vaga gastar com exames admissionais. Contudo, ele não conseguiu direito à indenização na Justiça do Trabalho. A decisão foi da Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que não conheceu do recurso do trabalhador por falta de tese específica.

Veja mais com Talia Santos.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Entidade filantrópica é dispensada de recolhimento de depósito recursal

A condição especial garante à entidade o benefício da justiça gratuita. 25/11/20 – A Terceira Turma …