MP abre crédito de R$ 67,6 bilhões para novas parcelas do auxílio emergencial — Senado Notícias

O presidente da República, Jair Bolsonaro, editou uma medida provisória (MP 999/2020) que abre crédito de R$ 67,6 bilhões para o Ministério da Cidadania. De acordo com a medida, o valor vai servir para o pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial criado para o enfrentamento da crise econômica causada pelas medidas de enfrentamento à pandemia de covid-19. O texto foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (3).

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na terça-feira (1º), que o auxílio emergencial vai ser prorrogado por mais quatro meses, em parcelas de R$ 300. Inicialmente, o benefício, aprovado pelo Congresso Nacional, começou a ser pago em abril, com previsão de três parcelas de R$ 600. Em junho, por decreto, o governo prorrogou o auxílio por mais duas parcelas, no mesmo valor, e, agora, por mais quatro parcelas, em valor menor. Assim o benefício vai se estender até o final do ano, quando se encerra o prazo do estado de calamidade pública fixado por decreto legislativo (Decreto Legislativo 6, de 2020).

A medida provisória passa a valer imediatamente após a publicação e tem validade de 60 dias, podendo ser prorrogada uma vez pelo presidente do Congresso, por até 60 dias. Nesse período, cabe a deputados e senadores avaliar o texto e, em caso de aprovação, transformá-lo definitivamente em lei. No caso da MP 999/2020, mesmo antes de ser analisada pelo Congresso, ela poderá surtir todos os efeitos a que se propõe, já que os 120 dias de validade vencem apenas no final de dezembro.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/09/03/mp-abre-credito-de-r-67-6-bilhoes-para-novas-parcelas-do-auxilio-emergencial.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Senadores pedem em manifesto que SUS distribua remédios à base de canabidiol — Senado Notícias

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apresentou ao Ministério da Saúde na sexta-feira (18) um manifesto sugerindo …