Juízes em Alagoas terão equipes multidisciplinares para pareceres técnicos

Os magistrados do Poder Judiciário de Alagoas, da capital e do interior, passam a contar com o apoio de equipes multidisciplinares compostas por psicólogas, assistentes sociais e pedagogas. Vinte e oito profissionais foram empossadas, na quarta-feira (2/9), em solenidade virtual com o presidente do Tribunal de Justiça (TJAL), desembargador Tutmés Airan de Albuquerque, e com o corregedor-geral de Justiça, Fernando Tourinho.

“Na verdade é a realização de um sonho institucional de 12 anos. É uma mão-de-obra extremamente qualificada e nós precisamos muito disso para que os laudos saiam como devem sair, orientando os juízes da melhor maneira possível para que eles possam tomar decisões justas. É um momento de celebração para nós, que estamos preenchendo essa lacuna, e para as pessoas que tomaram posse, porque enfim têm acesso a um emprego digno, descente e conquistado de forma muito honesta, porque nós realizamos um processo seletivo extremamente sério”, contou o presidente Tutmés Airan.

As equipes atuarão nos Núcleos Regionais de Maceió, Arapiraca, Rio Largo, São Miguel dos Campos, Santana do Ipanema, União dos Palmares, Penedo e Porto Calvo. A contratação tem o prazo de dois anos, com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

A assistente social Claritiana Janaína dos Santos, aprovada na seleção conduzida pela Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), garantiu que a sociedade vai poder contar com o que há de melhor em cada uma das profissionais contratadas. Ela contou sobre a ansiedade e a alegria de poder começar a trabalhar para o Poder Judiciário alagoano. “Externar em nome de todo esse grupo a imensa felicidade e gratidão por essa oportunidade, com certeza está sendo concretizado um sonho. Estamos cientes de toda a responsabilidade que está sobre os nossos ombros. Todas nós estamos firmando o compromisso de nos dedicarmos, de darmos o nosso melhor e contribuir para a população, que tanto precisa, para que seja melhor atendida, assistida e acompanhada.”

O presidente da Associação Alagoana de Magistrados (Almagis), juiz Sóstenes Andrade, parabenizou a iniciativa do TJAL em atender um pleito antigo da categoria, garantindo mais embasamento técnico para a tomada de decisões. “Esses profissionais ajudarão de forma bastante efetiva e positiva nos deslindes, nas conclusões dos processos judiciais. Os juízes da área de família, da infância ou de qualquer outra área que precise de um parecer técnico, científico, de ordem médica, terão esse profissional para auxiliá-lo dando seu parecer para que o juiz possa decidir com mais propriedade, mais certeza. Acho importante essa iniciativa que só tem a somar à atividade fim do Poder Judiciário, que é a efetiva prestação jurisdicional.”

Também participaram da solenidade on-line os juízes José Miranda Júnior e Anderson Passos, responsáveis pela seleção das profissionais contratadas, além da magistrada Maysa Cesário Bezerra.

Núcleos Regionais 

Os novos profissionais ficarão responsáveis por uma região no entorno da cidade em que foram lotados. A região de Arapiraca abrange os municípios de Anadia, Batalha, Feira Grande, Girau do Ponciano, Igaci, Limoeiro do Anadia, Maribondo, Minador do Negrão, Palmeira dos Índios, Quebrangulo, Taquarana e Traipu.

A região de Santana do Ipanema abrange os municípios de Água Branca, Cacimbinhas, Canapi, Delmiro Gouveia, Maravilha, Major Izidoro, Mata Grande, Olho D’Água das Flores, Pão de Açúcar, Piranhas e São José da Tapera. A eegião de União dos Palmares abrange os municípios de Colônia Leopoldina, Joaquim Gomes, Messias, Murici, Novo Lino e São José da Lage. A região de São Luís do Quitunde abrange os municípios de Maragogi, Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe, Porto Calvo, Porto de Pedras e Paripueira.

A região de Penedo abrange os municípios de Coruripe, Igreja Nova, Junqueiro, Piaçabuçu, Porto Real do Colégio e São Sebastião. A região de Rio Largo abrange os municípios de São Miguel dos Campos, Atalaia, Boca da Mata, Cajueiro, Capela, Pilar e Santa Luzia do Norte e Viçosa. E a região de São Miguel dos Campos abrange os municípios de Marechal Deodoro, Teotônio Vilela e Campo Alegre.

Fonte: TJAL

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/juizes-em-alagoas-terao-equipes-multidisciplinares-para-pareceres-tecnicos/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=juizes-em-alagoas-terao-equipes-multidisciplinares-para-pareceres-tecnicos.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Aprovada resolução que cria Plataforma Digital do Poder Judiciário

Os órgãos do Poder Judiciário brasileiro terão à disposição a Plataforma Digital do Poder Judiciário …