Justiça Federal no Ceará retoma atividades presenciais a partir de setembro

A Justiça Federal no Ceará (JFCE), sob a jurisdição do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), retomou algumas atividades presencialmente em Fortaleza e Maracanaú desde a última terça-feira (1/9), conforme Portaria nº 92/2020 da Direção do Foro e Plano de Retomada elaborado pela Seção Judiciária. O retorno está sendo gradual e atende todas as regras de biossegurança estabelecidas pelos órgãos de saúde para a prevenção de contágio pelo novo coronavírus.

As varas e turmas recursais continuam interagindo com o público pelos canais eletrônicos da JFCE, assim como as unidades administrativas. Os atendimentos presenciais só são admitidos em situações excepcionais e para a prática de ato imprescindível e inadiável, desde que não seja possível o atendimento remoto. Para tanto, devem ser agendados por telefone ou e-mail e devidamente justificados. O agendamento tem validade após confirmação pela unidade demandada.

Dividido em etapas, o plano de retomada do judiciário federal cearense prevê, para a sua primeira fase, a retomada das perícias, no domínio dos Juizados Especiais Federais, e das audiências das Varas criminais, além de diligências a serem praticadas pelos oficiais de justiça, desde que vinculadas à consecução desses atos processuais em relação às unidades em Fortaleza e na Subseção Judiciária de Maracanaú. A tanto, estão mantidas as perícias agendadas de forma virtual ou nos consultórios dos peritos.

Na segunda fase, a partir de 14 de setembro, serão realizadas as audiências dos Juizados Especiais Federais. E, na terceira fase, em 28 de setembro, serão autorizadas as audiências das varas cíveis, sempre observado o intervalo mínimo de trinta minutos entre cada uma delas. As sessões de julgamento das Turmas Recursais seguirão mantidas, prioritariamente, por meio de videoconferência.

Após a efetiva implantação e consolidação das medidas previstas, o Plano de Retomada poderá ser ampliado às Subseções Judiciárias e demais áreas não contempladas nesse momento inicial ou restringido, conforme indicarem os índices oficiais da Secretaria da Saúde e recomendações sanitárias do estado do Ceará.

O Plano de Retomada foi elaborado de forma coletiva, contando com a colaboração dos servidores e magistrados, distribuídos em 17 grupos de trabalho, coordenados pelo Comitê de Gerenciamento dos Riscos e Respostas às demandas relacionadas a Covid-19 (GerCovid), composto pelo diretor do Foro da JFCE e integrantes do Conselho Consultivo de Juízes.

Protocolo

Para acessar as unidades jurisdicionais e administrativas dos fóruns, é necessária a aferição de temperatura dos usuários; a higienização das mãos, com álcool a 70%; a descontaminação dos calçados, por meio de tapete sanitizante, bem como a utilização de máscaras. Ainda há o controle da quantidade de pessoas em circulação nos fóruns, com o intuito de assegurar a ocupação máxima de cada área, respeitado o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas.

Fases

1ª fase – a partir de 1º/09/2020

• Perícias dos JEFs
• Audiências criminais
• Oficias de Justiça

2ª fase: a partir de 14/09/2020

• Audiências dos Juizados Especiais Federais

3ª fase: a partir de 28/09/2020

• Audiências cíveis

Veja a Portaria nº 92/2020

Fonte: JFCE/TRF5

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-federal-no-ceara-retoma-atividades-presenciais-a-partir-de-setembro/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=justica-federal-no-ceara-retoma-atividades-presenciais-a-partir-de-setembro.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …