22ª Região é o Tribunal do Trabalho mais eficiente e produtivo de todo o país

O Relatório Justiça em Números do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), divulgado no final de agosto, apontou que o Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT22), com jurisdição no Piauí, alcançou o índice de 100% no IPC-Jus, pelo segundo ano consecutivo. O IPC-Jus, índice que varia de 0% a 100%, é o indicador que mensura a eficiência e a produtividade relativa de todos os Tribunais do país, ou seja, o que foi produzido a partir dos recursos ou insumos disponíveis para cada Tribunal.

“O IPC-Jus permite que eu compare o TRT do Piauí, que é um tribunal de pequeno porte, com o TRT de São Paulo, que é de grande porte, por exemplo. Isso nos permite ter a clara percepção do nosso grau de eficiência e produtividade em relação aos demais tribunais. Portanto, atingir, pelo segundo ano consecutivo, o índice máximo comparado aos demais 23 tribunais do Trabalho no Brasil coloca o TRT Piauí em honrosa posição de referência no cenário nacional e nos sinaliza que estamos fazendo jus à nossa razão social”, afirmou Marcelo Nolleto, secretário de Governança e Estratégica do TRT22.

O Relatório Justiça em Números é o principal documento de publicidade e transparência do Poder Judiciário, que consolida em uma única publicação dados gerais da atuação do Poder Judiciário e abrange informações relativas às despesas, às receitas, acesso à justiça e uma vasta gama de indicadores processuais. Segundo o resultado apresentado, o TRT22 se destaca, dentre todos os Tribunais do Trabalho, por apresentar o maior Índice  de Produtividade dos Magistrados (IPM) e o maior Índice de Produtividade dos Servidores (IPS) do Brasil.

“Estamos felizes, orgulhosos e gratos por mais esse resultado bastante expressivo alcançado pelo TRT Piauí na presente gestão da presidente Liana Chaib, consolidando nosso protagonismo nacional. Coroa o trabalho de excelência prestado por magistrados, servidores, estagiários, terceirizados e voluntários do TRT, com o suporte especial da Administração, em cooperação com a advocacia piauiense, e demonstra que a Justiça do Trabalho do Piauí está cumprindo com êxito sua missão de solucionar conflitos com celeridade e efetividade, realizando paz e justiça social”, pontua o juiz auxiliar da Presidência e gestor de metas nacionais do TRT22, Washington Bandeira.

O relatório Justiça em Números aponta, também, que o TRT22 é o Tribunal com maior carga de trabalho dos magistrados dentre os tribunais de pequeno porte. E a segunda maior carga de trabalho dos servidores dentre todos os tribunais do país.

Fonte: TRT22

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/22a-regiao-e-o-tribunal-do-trabalho-mais-eficiente-e-produtivo-de-todo-o-pais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=22a-regiao-e-o-tribunal-do-trabalho-mais-eficiente-e-produtivo-de-todo-o-pais.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Segunda parte da revista LexCult analisa a memória e os arquivos do Poder Judiciário

O Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) apresenta a segunda parte da Revista eletrônica LexCult, denominada …