Projeto da Justiça do Trabalho incentiva conciliação entre alunos de Direito no MS

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (TRT24), com jurisdição no Mato Grosso do Sul, está com inscrições abertas para o evento “Jovens Mediadores”, que tem como objetivo apresentar aos estudantes de Direito o ambiente de audiências de conciliação e mediação telepresencial e explicar como funciona a dinâmica dessas audiências.

Dentro do Projeto Jovens Mediadores, os  juízes do trabalho instrutores, Déa Marisa Cubel Yule e Bóris Luiz Cardozo de Souza, abordarão temas como: Políticas Públicas de Tratamento Adequado dos Conflitos, uso de técnicas de mediação, da psicologia positiva aplicada e comunicacional CNV (Comunicação Não Violenta), fomentando os jovens à auto-gestão positiva e pacífica de conflitos, por meio dessas ferramentas.

A intenção é estimular o protagonismo dos estudantes de Direito, na condição de potenciais advogados, por meio da aprendizagem de técnicas que lhes permita atuar positivamente na gestão dos conflitos em sua vida profissional e pessoal, diminuindo a judicialização dos conflitos.

Esta é a segunda edição do evento. No dia 12 de setembro de 2019, foi realizada a primeira turma que teve a participação de 50 jovens.

O curso é de graça, online e será realizado na quarta-feira (9/9), das 18h às 20h, pela plataforma Cisco Webex. As inscrições devem ser feitas até a véspera (8/9), no Sistema da Escola Judicial do TRT 24.

Basta acessar o endereço http://www.trt24.jus.br/web/escola-judicial, clicar no ícone “Inscrições” localizado no canto lateral direito da tela, depois em “Não tenho cadastro”. Aí é só fazer o cadastro e senha, acessar o sistema e validar a inscrição.  O certificado ficará disponível no sistema da EJUD no dia 18/9.

Fonte: TRT24

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/projeto-da-justica-do-trabalho-incentiva-conciliacao-entre-alunos-de-direito-no-ms/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=projeto-da-justica-do-trabalho-incentiva-conciliacao-entre-alunos-de-direito-no-ms.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Acessibilidade: Tribunal do Júri Popular de Timon (MA) retoma sessões em novas instalações

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) retomou as sessões de julgamento do Tribunal do …