Boletim ao vivo | Tanques de óleo diesel não enterrados dão direito ao adicional de periculosidade a teleoperadora


                         Baixe o áudio
      

 

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho deferiu o adicional de periculosidade de 30% sobre o salário de uma teleoperadora de atendimento ao cliente da Gol Linhas Aéreas S.A. que trabalhava em prédio vertical que armazenava líquido inflamável em tanques não enterrados. O colegiado decidiu conforme a jurisprudência do Tribunal, que considera de risco toda área interna da construção vertical.

Confira na reportagem com Michelle Chiappa.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

TST mantém condenação de produtora de grãos a pagar multa milionária a ex-gerente 

A sanção está prevista em cláusula penal de estabilidade firmada entre o ex-sócio e a …