Desembargadores visitam acervo do Museu do Judiciário em Belo Horizonte (MG)

O superintendente da Memória do Judiciário Mineiro (Mejud) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Luiz Audebert Delage Filho, acompanhado do superintendente adjunto, desembargador Marcos Henrique Caldeira Brant, fizeram em 3 de setembro sua primeira visita, na atual gestão, ao museu instalado no Palácio da Justiça Rodrigues Campos, no Centro de Belo Horizonte (MG).

O desembargador Audebert Delage, durante a visita acompanhado pela assessora Andréa Vanessa da Costa Val, não escondeu a satisfação com todo o acervo que lhe foi apresentado. Ele elogiou as salas com a nova expografia, cuidadosamente renovada e executada segundo as normas da museologia, e observou os trabalhos em andamento para a completa reestruturação dos espaços.

Aproveitou ainda a oportunidade para apresentar suas sugestões e se entusiasmou ao discorrer sobre seus planos para a Mejud, entre eles, o desejo de participar das atividades rotineiras do setor. Delage — membro da Academia de Letras do Brasil desde 2011, entusiasta dos temas culturais e um fã incondicional do grande escritor Guimarães Rosa — fez questão de cumprimentar, um a um, todos os funcionários, ao final da visita. “Confesso que estou muito feliz com o início desta nova jornada, a qual considero um desafio que irei cumprir com muito otimismo e determinação.”

Fonte: TJMG

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/desembargadores-visitam-acervo-do-museu-do-judiciario-em-belo-horizonte-mg/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=desembargadores-visitam-acervo-do-museu-do-judiciario-em-belo-horizonte-mg.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Uso de alvará eletrônico cresce mais de 120% em 2020 no Tribunal do Amazonas

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) registrou, neste ano, um aumento de 120,8% no …