Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro promove acessibilidade com cartilha de Libras

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) publicou a cartilha on-line “LIBRAS: iniciando o contato com a comunidade surda”, que está disponível no site do tribunal. “A inclusão dos surdos passa pelo reconhecimento não tanto de uma deficiência mas de uma diferença, que se expressa, inclusive, na utilização de uma linguagem diversa”, afirma o servidor Ary Jorge Nogueira, da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão.

O documento pretende auxiliar os públicos interno e externo da Justiça Eleitoral fluminense a estabelecer um primeiro contato com a língua brasileira de sinais (Libras). A cartilha apresenta um breve histórico da língua brasileira de sinais, além de fornecer dicas importantes para a interação com a pessoa surda, tais como ficar de frente enquanto fala, facilitando a leitura labial, e ser expressivo na comunicação, permitindo a percepção dos diferentes tons usados na conversa. Ao final, a cartilha traz uma lista de exemplos de sinais com expressões úteis a serem utilizadas na comunicação durante o atendimento no âmbito da Justiça Eleitoral.

Fonte: TRE-RJ

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-eleitoral-do-rio-de-janeiro-promove-acessibilidade-com-cartilha-de-libras/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=justica-eleitoral-do-rio-de-janeiro-promove-acessibilidade-com-cartilha-de-libras.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Segunda parte da revista LexCult analisa a memória e os arquivos do Poder Judiciário

O Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) apresenta a segunda parte da Revista eletrônica LexCult, denominada …