Trabalho presencial é retomado nesta segunda (14/9) no Tribunal de Justiça do Tocantins

Seguindo as diretrizes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a pandemia do novo coronavírus e diante do abrandamento do quadro de saúde pública envolvendo a proliferação do contágio pela Covid-19 no estado, o Judiciário tocantinense retoma as atividades presenciais, com um percentual de 25% dos usuários internos, a partir de segunda-feira (14/9) no âmbito do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), anexos e Corregedoria Geral da Justiça.

É o que determina a Portaria Conjunta nº 33/2020, assinada pelo pelo presidente do TJTO, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador João Rigo Guimarães. A portaria frisa que deverá haver a observância, no percentual dos usuários internos que irão retornar, a “exclusão dos servidores pertencentes ao grupo de risco e servidoras-mães de crianças em idade escolar, até 12 anos de idade”.

Estabelece também que o quantitativo remanescente dos referidos usuários deverá permanecer em regime de teletrabalho até nova determinação, ressaltando ainda que os servidores submetidos ao regime de teletrabalho cumprirão o mesmo expediente mantido pela portaria, das 12h às 18h.

Também aos usuários externos – membros do Ministério Público, advogados, defensores públicos, partes, testemunhas e autoridades policiais -, será permitida a presença física a partir do próximo dia 14. O mesmo poderá ocorrer com os cidadãos em geral “desde que justificada a necessidade e quando não for possível a prática do ato processual por meio virtual, no período das 14h às 18h, obedecidos os protocolos de segurança sanitária”, firma a portaria.

Autonomia

Em relação às comarcas – Palmas e interior -, a portaria frisa que o diretor do Foro tem autonomia para avançar o percentual de 25% das atividades presenciais, observadas as peculiaridades de cada unidade judicial e administrativa. A medida poderá ocorrer desde que o magistrado esteja “amparado pelas orientações técnicas prestadas pelo Centro de Saúde do Tribunal de Justiça e mediante justificativa embasada documentalmente na situação epidemiológica da localidade”.

E ressalta ainda que “todas as providências adotadas em âmbito local deverão ser comunicadas à Presidência do Tribunal de Justiça e à Corregedoria Geral da Justiça”.

Confira íntegra da portaria

Fonte: TJTO

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/trabalho-presencial-e-retomado-nesta-segunda-14-9-no-tribunal-de-justica-do-tocantins/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=trabalho-presencial-e-retomado-nesta-segunda-14-9-no-tribunal-de-justica-do-tocantins.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …